Celebridades

CelebridadeO envolvimento das celebridades na perfumaria teve início com a parceria entre Givenchy e Audrey Hepburn no lançamento de L’Interdit em 1957. Diferente do nosso entendimento de “celebrity fragrance”, na época a ousada composição floral aldeídica havia sido feita especialmente para a atriz, que depois estrelou a propaganda sob a marca Givenchy. Os primeiros perfumes de celebridade com o conceito que hoje conhecemos foram Alain Delon (1980) e Sophia Loren (1981), lançados pela Coty. A partir daí a casa de fragrância se especializou neste mercado, trabalhando também com Cher (Uninhibited de 1987) e Elizabeth Taylor (Passion de 1988, White Diamonds de 1991 e Black Pearls de 1996). Na década seguinte Jennifez Lopez retomou o mercado, lançando seu Glow em 2002, quebrando recordes e incentivando outras celebridades como Britney Spears, Paris Hilton, Christina Aguilera, Katy Perry, Justin Bieber, Antonio Banderas e David Beckham a fazer o mesmo. A relação celebridade-perfume faz todo sentido pois fãs projetam a imagem de seus ídolos no perfume (sentindo-se assim mais próximos deles), enquanto as celebridades enriquecem licenciando sua imagem, como um dia fizeram estilistas e joalheiros. Claramente o foco aqui não é o líquido e sim a fantasia.

(ordem cronológica por ano de lançamento)

AlainDelon1. Alain Delon (Alain Delon, 1980). Também conhecida por “AD”, esta foi a primeira fragrância de celebridade propriamente dita. Alain Delon revisitava o gênero fougère nos moldes da década de 80, acrescentando nuances soapy e melífluas. A composição abria intensamente herbácea e old school com um acorde de bergamota, artemísia, zimbro, manjericão e lavanda. Na evolução, seu centro limpo e quente de aldeídos, gerânio, cravo, canela e agulhas de pinho emergia com elegância e personalidade, anunciando um dry-down viril e sensual de musgo de carvalho, cedro, fava tonka, âmbar e mel. Difícil de encontrar, Alain Delon foi há muitos anos retirado de mercado.

Aqua2. Sophia (Sophia Loren, 1981). O primeiro perfume de celebridade feminino foi um chipre floral com nuances animálicas. Sophia abria com um sopro cítrico-herbáceo de bergamota, limão, néroli e musgo de carvalho, antes de se desabrochar num buquê de jasmim, rosa e lírio-do-vale. A base consistia de um acorde chipre de patchouli, vetiver, labdanum, baunilha e civet. Sophia foi uma fragrância imponente feita para mulheres maduras. Infelizmente descontinuado nos anos 80.

Deneuve3. Deneuve (Catherine Deneuve, 1986). Em 1986, a lendária atriz francesa fez parceira com a Avon para compor sua fragrância assinatura. Ela própria escolheu o design do frasco, a arte do anúncio e a composição do perfume. Deneuve foi um chipre oitentista que abria com um acorde de aldeídos, bergamota, gálbano, néroli e manjericão. Na evolução, a fragrância apresentava um complexo buquê de jacinto, rosa, violeta, íris, muguê, jasmim e ylang-ylang, apoiado sobre uma base chipre almiscarada com um toque de civet. Descontinuado.

Iquitos4. Iquitos (Alain Delon, 1987). Descontinuada, esta composição oitentista adotava o estilo da época para fragrâncias masculinas: estrutura chipre com aldeídos, especiarias, couro, almíscar e civet. Ultraelaborado, Iquitos tinha uma saída verde e frutada, evoluindo para um buquê floral recortado por especiarias. No dry-down, o aroma ficava espesso e doce com notas de coco, mel, âmbar, sândalo e baunilha. Um acorde de couro, musk e civet trazia uma textura selvagem para virilizar a composição. Descontinuado.

Uninhibited5. Uninhibited (Cher, 1987). Um ano antes de estrelar o papel que lhe renderia um Oscar, Cher lançou sua fragrância assinatura em parceria com Coty. Como todo bom oitentista, Uninhibited foi um floral aldeídico. Com uma saída cítrica luminosa, o perfume ousava ao compor um coração andrógino com um acorde feminino (frutas secas, rosa, jasmim e ylang-ylang) e outro masculino (gerânio, cravo, vetiver e tabaco). Uma base de sândalo e baunilha completavam esta composição sensual. Descontinuado.

Passion6. Passion (Elizabeth Taylor, 1988). Picante, esfumaçado e animálico, Passion foi um hit nos anos 80 por incorporar acordes tão potentes e complexos. A saída – composta por notas de bergamota, aldeídos, coentro, artemísia, gardênia, lírio-do-vale e ylang-ylang – sozinha já poderia ser um perfume completo. Mas Passion evolui para um coração de íris, rosa, jasmim, tuberosa, heliotrópio, mel, patchouli, sândalo e especiarias quentes. Finalmente, a composição finaliza com uma base de coco, musgo de carvalho, incenso, couro, baunilha, civet e musk.

PassionMen7. Passion for Men (Elizabeth Taylor, 1989). Enquanto a versão feminina foi reformulada e desfigurada, Passion for Men mantém-se intacto. Já no final dos anos 80, Elizabeth Taylor aposta seu nome num oriental fougère com notas de frutas, especiarias e resinas. Com uma saída ácida e verde de gálbano, limão, néroli e lavanda, a composição leva alguns minutos para exalar um aroma masculino de cravo, gerânio, jasmim, agulhas de pinho e especiarias, além de tons frutados. A nota de baunilha aos poucos toma conta da fragrância, produzindo um efeito nada doce, mas sim escuro e seco.

Only8. Only (Julio Iglesias, 1989). Sucesso de crítica na época de seu lançamento, o perfume de Julio Iglesias feito para suas fãs foi um complexo oriental floral amadeirado. Com uma saída suculenta de bergamota, ameixa, pêssego e abacaxi, Only aos poucos desabrochava um buquê inebriante de cravo, rosa, violeta, orquídea, mimosa, ylang-ylang e tuberosa com toques de mel. A evolução trazia à tona seu denso e rico acorde base composto de musgo de carvalho, vetiver, patchouli, sândalo, âmbar, baunilha, civet e almíscar. Only resultava num perfume de beleza clássica com toda imponência e feminilidade esperada de um autêntico oitentista. Descontinuado.

GabrielaSabatini9. Gabriela Sabatini (Gabriela Sabatini, 1989). Este é um perfume bonito, mas que já teve sua fama e hoje está fora de moda. A saída é aldeídica e frutada, logo evoluindo para um coração exuberante e feminino de flores brancas e heliotrópio. Sua base é de madeiras e resinas com bastante almíscar. Gabriela Sabatini se parece um pouco com o Chanel N°5, especialmente na saída que lembra spray de cabelo ou tinturaria, porém é mais doce por conta das notas frutadas e ambaradas.

WhiteDiamonds10. White Diamonds (Elizabeth Taylor, 1991). Depois do sucesso de Passion, Elizabeth Taylor decidiu lançar uma fragrância remetendo ao brilho das joias. Para tanto, White Diamonds se vale de um buquê floral com uma injeção de aldeídos. Classe e glamour são incorporados pela enorme nota de tuberosa, cercada de ylang-ylang e pêssego. O resultado é um aroma floral exuberante e luminoso, ultrafeminino. Infelizmente a nova geração considera esta bela composição datada e “de vovó”.

Moments 11. Moments (Priscilla Presley, 1991). Na época em que a filha de Elvis Presley, Lisa Marie, se tornou uma celebridade mundial, diversas fragrâncias foram lançadas em homenagem à sua mãe. A primeira delas foi este chipre floral de traços aldeídicos e animálicos. Moments abria com aldeídos, bergamota e pêssego, seguindo com um buquê atalcado e intoxicante de tuberosa, jasmim, lírio-do-vale, rosa e íris. Sua base ficava a cargo de um acorde quente e sensual de musgo de carvalho, patchouli, vetiver, couro, âmbar, baunilha, civet e almíscar. De alta qualidade, Moments era vendido a preços reduzidos em farmácias americanas. Descontinuado.

IndianSummer12. Indian Summer (Priscilla Presley, 1995). Muito antes de as fragrâncias à base de chá verde ficarem populares, Indian Summer já fazia bom uso desse acorde fantasia. A composição recebia um topo de mandarina e limão siciliano, seguindo com um centro aquoso de flor de lótus, rosa e violeta. Um fundo amadeirado com nuances de chá ajudava a criar uma atmosfera quente e úmida como sugere o nome do perfume. Indian Summer foi uma composição floral verde de profundidade. Descontinuado.

MJCologne13. Michael Jordan (Michael Jordan, 1996). Nada original porém eficiente, Michael Jordan é uma colônia verde e picante, suave e confortável. O perfume foi uma febre entre adolescentes americanos nos anos 90 e hoje é vendido em farmácias nos Estados Unidos a preço de xampu. Michael Jordan é construído em torno de um robusto acorde herbáceo de chá, agulhas de pinho, sálvia, cipreste, zimbro, gerânio e lavanda. Notas de cravo-da-índia, incenso e rum acrescentam complexidade.

Legend14. Legend (Michael Jordan, 1997). Este perfume de Michael Jordan é um fougère oriental que brinca com duas polaridades: uma fresca de bergamota, chá, lavanda e anis, e outra intensa de café, patchouli, âmbar e couro. Se você gosta de Rochas Man e Lolita Lempicka Au Masculin, provavelmente vai gostar de Legend, que é um cruzamento dos dois. Ao longo do tempo o perfume foi negligenciado (recebendo uma das embalagens mais feias da perfumaria) e hoje é vendido até em supermercados nos Estados Unidos por dez dólares.

Manifesto15. Manifesto (Isabella Rossellini, 2000). Adotando o gênero floral verde, a atriz Isabella Rossellini apresentou sua fragrância assinatura na entrada do novo milênio. Manifesto pretendia ser a interpretação olfativa da natureza, espontaneidade e glamour simples. Para tanto, o perfumista Alberto Morillas estabeleceu um topo de bergamota, manjericão e pimenta, um coração de flor de laranjeira, jasmim, muguê e rosa, e uma base de sândalo e musk. Infelizmente, Manifesto foi retirado de mercado.

Glow16. Glow (Jennifer Lopez, 2002). Quebrando todos os recordes e sendo responsável pela febre dos perfumes de celebridades, Glow é um floral almiscarado. Incrivelmente atalcado por conta de aldeídos e musks, esta fragrância é praticamente um creme hidratante em formato spray. Na saída, o aroma é cítrico e fresco com notas de néroli, flor de laranjeira e toranja. Glow vai se tornando mais polvoroso à medida em que a tuberosa, rosa e jasmim aparecem, misturando-se com o sândalo, orris, âmbar e almíscar da base. É um best-seller porque é difícil não gostar.

Still17. Still (Jennifer Lopez, 2003). Depois do enorme sucesso comercial de Glow, a atriz e cantora introduz este delicado floral aquático. Ao mesmo tempo limpo e envolvente, Still abre com um acorde refrescante de mandarina, pimenta branca, chá, arroz e maçã. Na evolução, o perfume exibe um buquê floral aquoso consistindo de frésia, rosa, flor de laranjeira, jasmim e lírio-do-vale. Para manter a composição suave e macia, Still incorpora uma base de orris, sândalo e musk.

Curious18. Curious (Britney Spears, 2004). Antes de iniciar a franquia gourmand Fantasy, Britney Spears introduziu Curious, um floral frutado com tons aquáticos. O perfume tem como público-alvo meninas-moças românticas e corajosas. Na saída, Curious apresenta um acorde aquático de flor de Lótus, magnólia e pera, antes de revelar um coração floral fresco de cíclame, jasmim e tuberosa. A base é composta por madeiras secas, baunilha e musk. Virou um hit instantâneo.

Cumming19. Cumming (Alan Cumming, 2004). Esta fragrância do ator Alan Cumming (conhecido por “Cabaré” e hoje por “The Good Wife”) é uma das mais inusitadas – e também desconhecidas – dentre as fragrâncias de celebridades. Ousado e abstrato, Cumming abre com um acorde licoroso uísque-tabaco, que logo é dominado por uma nota animálica de couro que remete a estábulo. Notas de agulhas de pinho e abeto conferem uma nuance verde e terpênica, enquanto trufa e musgo de carvalho trazem terrosidade. Cumming foi descontinuado, mas é possível encontrá-lo no eBay com facilidade.

Fantasy20. Fantasy (Britney Spears, 2005). O perfume favorito da nova geração de adolescentes, Fantasy tem um aroma gourmand tropical. Notas frutadas de marmelo, lichia e kiwi se fundem com notas florais de jasmim e orquídea, além de uma nota fantasia de chocolate branco. Fantasy é sustentado por uma base polvorosa de íris e musk, deixando um rastro gostoso de fazer cheirar os pulsos o tempo todo. Confortável e aconchegante, Fantasy é também sexy o suficiente para um encontro mais íntimo.

Lovely21. Lovely (Sarah Jessica Parker, 2005). A atriz de Sex and the City trabalhou por mais de um ano com a Coty para a confecção de seu primeiro perfume. Sarah Jessica pediu uma fragrância que fosse delicada como a pele feminina sem ser artificial. Para tanto, Lovely foi composto com uma alta dose de almíscar, pimenta branca e uma nota salgada e oleosa de azeitona. A partir daí, foram adicionados lavanda, patchouli e bergamota para deixar a fragrância mais andrógina (e real). Lovely é surpreendentemente delicioso, além de inovador.

MiamiGlow22. Miami Glow (Jennifer Lopez, 2005). Três anos depois do sucesso absoluto de Glow, J-Lo investe num floral frutado de atmosfera tropical. Miami Glow tem uma saída fresca e suculenta de toranja, maracujá e coco que de imediato instaura um clima de coquetel na praia. Mais adiante, um coração de cíclame, heliotrópio e flor de laranjeira remete a protetor solar, enquanto uma base doce e cremosa de âmbar, baunilha e musk garante sensualidade. Potente silagem.

CarlosSantana23. Carlos Santana for Men (Carlos Santana, 2005). A inspiração aqui foi o aroma de torta de maçã com canela. Carlos Santana for Men é quase um gourmand, não fossem os nítidos acordes aromático de maçã verde, cipreste e lavanda na saída e balsâmico de couro, patchouli e labdanum na base. A combinação de canela, sândalo, fava tonka e benjoim propicia um efeito semi-gourmand, enquanto patchouli, cedro e musk harmonizam a composição como um todo.

ParisHilton24. Paris Hilton for Her (Paris Hilton, 2005). A atriz, modelo e herdeira de uma cadeia de hotéis apresentou sua primeira fragrância assinatura em 2005. Representando olfativamente uma jovem dinâmica e independente, Paris Hilton for Her tem uma refrescante saída frutada de maçã, pêssego e melão, anunciando um feminino coração de gardênia, frésia, lírio-do-vale, jasmim, ylang-ylang, tuberosa e mimosa. Por fim, a composição encerra com um acorde seco e limpo de sândalo, musgo de carvalho e musk.

ParisMen25. Paris Hilton for Men (Paris Hilton, 2005). Paris Hilton for Men é um daqueles perfumes que homens nem pensariam em comprar e, se compram, o fazem escondido. O fato é que esta fragrância é incrivelmente agradável, sem falar no preço de desodorante. Paris Hilton for Men é um delicioso aromático frutado com vibe tropical de toranja, melancia e manga. Notas de folha de figo e pimenta rosa criam um efeito revigorante, enquanto uma dose de musk confere maciez.

Live26. Live (Jennifer Lopez, 2005). Concebido pelo gênio Dominique Ropion, Live é um floral frutado feito para alegrar e divertir. Com um centro atalcado de violeta e peônia, o perfume ganha um topo tropical de cítricos e abacaxi e uma base gourmand de sândalo, fava tonka, baunilha e caramelo. Um ano depois de seu lançamento, Jennifer Lopez lançou o flanker Live Luxe, um floral frutado de aura aquática menos açucarado e mais maduro.

Antonio27. Antonio (Antonio Banderas, 2006). Com um frasco cuja estampa remete a favo de mel, o primeiro perfume do ator espanhol é um amadeirado rico em almíscares sintéticos. Abrindo com toranja e anis, o perfume revela um aroma verde e picante de agulhas de pinho e pimenta preta com nuances soapy. O acorde base composto de cashmeran, Iso E Super e musks diversos confere um aspecto macio e esfumaçado. Fresco, limpo e confortável.

MidnightFantasy28. Midnight Fantasy (Britney Spears, 2006). Pouco depois da explosão de Fantasy entre meninas e adolescentes no mundo todo, Britney Spears introduz este flanker noturno mais voltados para jovens adultas. O cheirinho de cupcake é substituído por um acorde polvoroso, apoiado sobre uma base âmbar. Na saída, Midnight Fantasy exala um aroma agridoce de cereja e ameixa que interage bem com o acorde central de íris, orquídea, baunilha e musk, resultando num intoxicante aspecto amendoado.

WithLove29. With Love (Hilary Duff, 2006). Maduro e sensual, With Love de Hilary Duff é um inovador oriental especiado com nuances frutadas. Inicialmente, a fragrância exala um potente aroma de manga, mas logo mostra seu potencial resinoso e picante. Na evolução, With Love se torna cremoso com notas de sândalo, âmbar e musk, além de um buquê de especiarias para ficar mais interessante. Trata-se de um perfume versátil, podendo ser usado tanto de dia quanto de noite.

Unforgivable30. Unforgivable (Sean John, 2006). Ganhador do prêmio FiFi de melhor fragrância masculina de 2007, Unforgivable é um aromático fougère com ar boozy. Com uma efervescente saída de notas cítricas (principalmente tangerina) e ervas finas (manjericão, sálvia e zimbro), a composição logo revela um acorde polvoroso e fresco de íris e lavanda. Completando o acorde fougère, uma base de fava tonka, âmbar e sândalo agrega confiança e sensualidade com um toque de rum.

Darling31. Darling (Kylie Minogue, 2006). Antes de se tornar o perfumista-chefe da Guerlain, Thierry Wasser ficou encarregado de criar a fragrância assinatura da cantora australiana Kylie Minogue. Tendo em mente um mulher linda, madura e bem-sucedida, o perfumista escolheu o gênero chipre floral com uma base oriental. Assim, Darling abre com frutas tropicais (maracujá, lichia e frésia), evolui para lírio e boronia, e conclui com sândalo, âmbar e baunilha. Muitos afirmam que Darling foi, na verdade, o protótipo de La Petite Robe Noire.

IntimatelyBeckham32. Intimately Beckham (David & Victoria Beckham, 2006). Nada de floral frutado, chipre moderno ou oriental gourmand – Intimately Beckham é um “floralzão” à base de rosa e tuberosa. Feminino e sofisticado, o perfume abre com um aroma floral cremoso de tuberosa, aos poucos revelando uma nota atalcada de rosa com musk. Até então limpa e elegante, a composição revela uma base de sândalo e baunilha para conferir sensualidade. Intimately Beckham lembra um pouco Pure Poison e é uma alternativa mais econômica.

IntimatelyBeckhamMen33. Intimately Beckham Men (David & Victoria Beckham, 2006). Para a versão masculina, foi escolhido um acorde central de anis, violeta e noz moscada, que confere uma atmosfera atalcada e íntima como sugere o nome. Intimately Beckham Men abre cítrico e picante com toranja, limão e cardamomo, evolui para um coração polvoroso e conclui com uma base oriental de âmbar, sândalo e patchouli. Apesar disso, a composição mantém um aspecto aromático e seco a maior parte do tempo, podendo ser considerada um aromático fougère.

CanCan34. Can Can (Paris Hilton, 2007). Dentre todas as fragrâncias da socialite Paris Hilton, esta é a que mais se destaca. Inspirada no filme “Moulin Rouge” e na canção “Lady Marmelade”, Can Can é um floral frutado quase oriental. A fragrância é propositalmente vulgar, com um lado doce (laranja, cassis e pêssego) e outro polvoroso (orquídea, âmbar e musk). Na secagem, o perfume deixa um rastro atalcado que remete a boneca de plástico com baunilha. Can Can surpreende com uma poderosa projeção e fixação.

MariahM35. M (Mariah Carey, 2007). A cantora Mariah Carey se envolveu na criação de seu perfume assinatura, comparando-a com o processo de compor uma canção. Razoavelmente inovadora, a composição abre com notas marinhas e de marshmallow. Mais adiante, um coração floral de tiaré e gardênia traz um aspecto macio, quase como pó de giz. Na secagem, a base oriental de incenso, patchouli e âmbar domina, propiciando uma atmosfera doce e esfumaçada porém leve e delicada.

UnforgivableWoman36. Unforgivable Women (Sean John, 2007). A versão feminina de Unforgivable segue o gênero oriental floral com nuances frutadas e atalcadas. Inicialmente, Unforgivable Women tem aspecto funcional de xampu devido as notas de pera, maçã, cassis e néroli. A surpresa vem com um buquê floral de flor de laranjeira, jasmim, lírio-do-vale, rosa, íris, violeta e frésia. O acorde oriental de fava tonka, labdanum, baunilha e patchouli na base deixa um rastro cremoso e polvoroso.

Covet37. Covet (Sarah Jessica Parker, 2007). Depois do sucesso inesperado de Lovely, Sarah Jessica Parker decidi insistir no uso da nota de lavanda em fragrâncias femininas. A flor aromática é aqui acompanhada de gerânio, lírio-do-vale, magnólia e madressilva, formando um acorde em oposição à dureza das madeiras (teca, vetiver, patchouli e cashmeran). Adicionalmente, uma nota de limão siciliano no topo contrasta com o chocolate amargo da base. Um perfume criativo e relaxante.

Believe38. Believe (Britney Spears, 2007). Promovido com o slogan “a maior liberdade é acreditar em si mesma”, a cantora americana lançou Believe, um floral frutado concebido para meninas adolescentes. Abrindo com notas de tangerina e goiaba, o perfume segue com um coração floral suave de tília e madressilva. No dry-down, porém, Believe faz emergir um acorde doce e cremoso de patchouli, âmbar e chocolate ao leite.

ChristinaAguilera39. Christina Aguilera (Christina Aguilera, 2007). Seguindo o gênero floral oriental com notas marcantes de frutas, este perfume busca ilustrar a feminilidade e sedução da cantora americana. A partir de uma saída efervescente e suculenta de tangerina, abacaxi, cassis e ameixa, Christina Aguilera segue com um centro glamouroso de jasmim e peônia. Na evolução, a fragrância ganha corpo e doçura com notas de sândalo, âmbar, baunilha e musk. Delicado e agradável.

Usher40. Usher He (Usher, 2007). O astro do R&B lançou em 2007 sua fragrância assinatura na forma de um amadeirado aquático. As notas iniciais de abacaxi, melão e verbena conferem uma sensação agradável e relaxante, aos poucos ganhando corpo com um acorde de folha de violeta, lavanda, vetiver e pimenta branca. Um fundo de sândalo, gaiaco, camurça, âmbar e musk traz um aspecto macio e adocicado. Usher He é um perfume limpo, fresco e descontraído com vibe de anos 90.

SweetDarling41. Sweet Darling (Kylie Minogue, 2007). Enquanto o original Darling foca em frutas tropicais (maracujá, lichia) interagindo com flores brancas (muguê, frésia) sobre um fundo ambarado, o flanker Sweet Darling vai na direção de Angel com a adição de patchouli e etil maltol (algodão doce) na base. Quem assina é o atual perfumista-chefe da Guerlain, Thierry Wasser. Claramente feito para quem gosta de perfumes extremamente açucarados.

BlueSeductionMen42. Blue Seduction for Men (Antonio Banderas, 2007). Para um ator é sempre um risco lançar uma linha de fragrâncias, afinal ainda existe preconceito – imagine então para um espanhol mucho macho. Blue Seduction for Men é um aquático moderno e descolado, fresco e suficientemente doce para ser sexy. O perfume abre fresco e suculento com notas de maçã, cassis, melão e menta, tornando seu lado oceânico e translúcido mais contemporâneo e menos batido. Com uma longevidade limitada, Blue Seduction mesmo assim vale a pena por seu preço reduzido.

BlueSeduction43. Blue Seduction for Women (Antonio Banderas, 2008). Na versão feminina, notas florais frescas e frutadas foram adicionadas para conferir beleza e delicadeza. Blue Seduction for Women abre energizante com notas de limão, pera, melão e folha de violeta. Com o pano de fundo verde montado, a composição começa a exalar um buquê refrescante de rosa, peônia e gardênia, com um toque de framboesa. A base fica por conta de um acorde oriental de benjoim, patchouli e musk.

G44. Harajuku Lovers G (Gwen Stefani, 2008). A vocalista do grupo No Doubt iniciou em 2008 uma parceria com a Coty para a concepção de uma linha de fragrâncias inspiradas nos bonequinhos japoneses Harajuku. Dentre eles, destaca-se G, um floral frutado com aura tropical. A fragrância abre com notas de mandarina, coco (predominante) e maçã, seguidas por um acorde floral luminoso e fresco de magnólia, jasmim e frésia. A base macia e cremosa fica por conta de flor de algodão, sândalo e baunilha.

HarujukuLoversLove45. Harajuku Lovers Love (Gwen Stefani, 2008). Gwen Stefani apresenta este floral frutado macio e gostoso feito para meninas. Na saída, Harajuku Lovers Love exala um acorde fresco e frutado de bergamota, pêssego e bambu. Mais à frente, a composição se torna floral com um centro de jasmim, ylang-ylang, narciso, rosa e peônia. Tudo isso é envolvido num manto cremoso e adocicado de baunilha. Chiclé de flores.

Signature46. Signature for Him (David & Victoria Beckham, 2008). Feito ao estilo de Allure Homme Sport de Chanel, este perfume explora bem dois sintético: calone e ambroxan. De uma saída refrescante de bergamota e melancia, Signature for Him compõe uma aura limpa e marinha com notas herbáceas de zimbro e cipreste. No dry-down, um acorde de musgo de carvalho, patchouli e labdanum forma uma base sólida e masculina. Leve, jovial e inofensivo.

Vintage47. Vintage (Kate Moss, 2009). Vintage é um floral oriental de aura romântica e melancólica. Com um topo borbulhante de mandarina, pimenta rosa e frésia, a fragrância investe num jasmim amendoado (heliotrópio/tonka) como tema principal. Uma injeção de musks enfatiza ainda mais o efeito polvoroso da composição, que ganha também toques adocicados e cremosos de baunilha.

SJPNYC48. SJP NYC (Sarah Jessica Parker, 2009). Inspirada na personagem Carrie Bradshaw de Sex and the City, esta fragrância sintetiza o senso de humor desprendido e ousado da mulher que gosta de explorar todas as suas possibilidades. Na forma de um floral frutado de nuances boozy, SJP NYC combina um topo suculento (mandarina, morango, osmanthus), um centro inebriante (rosa, mimosa, gardênia) e um fundo gourmand (sândalo, rum, baunilha), além de uma boa dose de musk para “amaciar” e arredondar a composição.

AguileraByNight49. Christina Aguilera by Night (Christina Aguilera, 2009). Dois anos depois de lançar sua fragrância assinatura, a cantora Christina Aguilera apresentou este flanker que a supera. O perfume é um complexo oriental floral com notas de saída suculentas de laranja, abacaxi e maçã vermelha, além de frésia e ruibarbo para não as tornar enjoativas. A base de Christina Aguilera by Night é tão potente que abafa as notas florais de coração. O resultado é um aroma doce e polvoroso de torta de maçã recém-saída do forno.

Fancy50. Fancy (Jessica Simpson, 2009). Este perfume da cantora americana Jessica Simpson é um oriental baunilha perfeito para quem curte os gourmands. Frutas vermelhas são combinadas com baunilha, contrapondo o ácido com o doce. Notas florais de jasmim e gardênia passam quase despercebidas, enquanto a composição apresenta uma base doce e gourmand de caramelo, amêndoas, sândalo e âmbar. Fancy é um perfume romântico e sensual para mulheres adultas.

SouthernBlend51. Southern Blend (Tim McGraw, 2009). O cantor de música country Tim McGraw buscou incorporar a tradição do sul dos Estados Unidos nesta fragrância. Para tanto, Southern Blend é viril e ao mesmo tempo carismático, criado em torno de notas de uísque e tabaco. Na saída, o aroma é fresco com bergamota e anis, seguindo para notas aromáticas de lavanda e folha de violeta. Uma base de vetiver e âmbar garante a performance do perfume. Infelizmente, Southern Blend não é distribuído no Brasil, mas é encontrado nos Estados Unidos por quinze dólares.

Queen52. Queen (Queen Latifah, 2009). Ousado e imponente como a própria atriz e cantora Queen Latifah, este perfume abre cítrico, passando rapidamente para um aspecto licoroso doce, quente e frutado. A nota de conhaque é potente e domina as notais florais de rosa e jasmim. Na secagem, Queen revela notas de coentro, incenso, baunilha e fava tonka, propiciando um clima agradável e relaxante. Por ser intensamente doce, esta é uma fragrância recomendada mais para eventos noturnos ou para curtir sozinho em casa.

SeductionBlack53. Seduction in Black (Antonio Banderas, 2009). Dois anos depois do best-seller Blue Seduction, a marca do ator espanhol apresenta sua versão noturna, seguindo o gênero oriental especiado. A composição é inspirada num homem sedutor vestido de terno preto e muita autoconfiança. Abrindo com uma nota escura e viscosa de cassis, Seduction in Black projeta um buquê de especiarias (coentro, cardamomo e noz moscada), apoiado sobre uma base ambarada e musky. Cumpre com sua missão.

CircusFantasy54. Circus Fantasy (Britney Spears, 2009). Depois do incrível sucesso de Fantasy e Midnight Fantasy, Britney Spears lança um novo flanker. Seguindo o estilo floral frutado, a novidade aqui é um corpo macio e atalcado de peônia, orquídea, violeta e lótus com toques de limão, framboesa e damasco. A base açucarada e musky finaliza o perfume com uma atmosfera sensual e confortável. O resultado é um coquetel de frutas em formato de perfume.

KimKardashian55. Kim Kardashian (Kim Kardashian, 2009). O primeiro perfume da atriz, modelo e socialite é um exuberante floral oriental. Construído em torno de um buquê de gardênia, jasmim e tuberosa, Kim Kardashian recebe um topo de mandarina, flor de laranjeira e madressilva e uma base de especiarias quentes, madeiras nobres, baunilha, fava tonka e musk. Infelizmente a tuberosa é abafada pela nota de gardênia e não dura muito na pele.

Heat56. Heat (Beyoncé, 2010). Perfumistas da Givaudan trabalharam para sintetizar a personalidade ousada e sensual da cantora americana. Para a saída, foram escolhidas notas de néroli, pêssego, magnólia e orquídea, formando um acorde suculento e polvoroso. Na evolução, um aroma amendoado e musky emerge, apoiado sobre uma base cremosa de âmbar, fava tonka e sequoia. Heat é um oriental vanilla com muita feminilidade e sensualidade, além de excelente desempenho.

Purr57. Purr (Katy Perry, 2010). Nenhum outro perfume pode ser tão de menina quanto Purr e seu frasco roxo em formato de gatinho. A proposta aqui é uma composição doce e cremosa com um fundo floral verde. Para tanto, a fragrância leva notas lactônicas de coco e pêssego, frescas de bambu e frésia, e polvorosas de orquídea, baunilha e musk. Tudo se equilibra de forma razoável, não permitindo um aroma enjoativo. Purr é divertido e gostoso como brincar de bolhas de sabão na banheira.

QueenHearts58. Queen of Hearts (Queen Latifah, 2010). No ano seguinte do lançamento de sua fragrância assinatura, a atriz e cantora Queen Latifah mantém o gênero oriental, porém adiciona mais opulência. Um acorde de ameixa e canela abre a composição, permitindo a entrada de flores brancas e frutas vermelhas. Na evolução, notas quentes e esfumaçadas de incenso, patchouli, baunilha e musk propulsionam um rastro inebriante e sedutor. Queen of Hearts é o perfume da femme fatale.

JenniferAniston59. Jennifer Aniston (Jennifer Aniston, 2010). Pouco conhecido no Brasil, o perfume da atriz americana Jennifer Aniston é um floral com muito musk. Com um coração de jasmim, lírio-do-vale e rosa, Lolavie é um floral limpo, nada animálico como Truth or Dare, favorecendo um ângulo mais macio de pele. A fragrância invoca romantismo e nostalgia, como numa atmosfera de praia no final do dia. Horas depois, Jennifer Aniston deixa um gostoso e confortável rastro de roupa lavada.

ReblFleur60. Reb’l Fleur (Rihanna, 2010). Reb’l Fleur é um sinal positivo de que fragrâncias de celebridades estão seguindo um caminho mais complexo e inovador, assumindo mais riscos. Este é um chipre frutado que abre com notas vívidas de frutas vermelhas, pêssego e ameixa. Logo surge um aroma tropical de coco com patchouli e baunilha, produzindo uma aura de férias na praia. Notas de tuberosa, violeta e musk contribuem para um rastro macio e polvoroso. Com um preço baixo, Reb’l é irresistível.

Boyfriend61. Boyfriend (Kate Walsh, 2010). A atriz famosa pelo seriado americano “Grey’s Anatomy” lança em 2010 sua fragrância assinatura. Trata-se de um floral musky que busca combinar notas femininas e masculinas. Desta forma, Boyfriend coloca par a par um acorde floral e frutado (jasmim, muguê e ameixa) e outro seco e balsâmico (madeiras nobres, âmbar e mirra), ambos envoltos numa camada de musk. O resultado é envolvente e harmonioso.

TheSecret62. The Secret (Antonio Banderas, 2010). O ator espanhol continua ampliando sua linha de fragrâncias, desta vez com um oriental especiado. The Secret abre com um acorde que contrapõe o quente e o gelado por meio de notas de toranja menta, pimenta preta e canela. Na evolução, o perfume se mostra mais seco e amadeirado, finalizando com um fundo elegante de fava tonka, couro e musk. Nada muito original, mas bastante usável.

FancyNights63. Fancy Nights (Jessica Simpson, 2010). Depois que Fancy se tornou um best-seller, a cantora americana decidiu lançar este flanker mais intenso e sexy. Com um topo seco e fresco de bergamota e papiro, Fancy Nights segue com um elegante acorde de jasmim, rosa e patchouli. Para completar a estrutura chipre moderna, o perfume leva uma base de musgo de carvalho, sândalo, âmbar e baunilha. Fancy Nights é potente e tem ótimo desempenho na pele.

SShakira64. S (Shakira, 2010). A melhor fragrância da cantora colombiana é este floral oriental construído em torno do jasmim. Com uma saída de notas cítricas, aos poucos S desabrocha seu buquê de pétalas brancas enriquecido com raspas de sândalo. Na evolução, o perfume aquece e ganha corpo com um confortável acorde base de benjoim, âmbar e baunilha. S é um soliflor minimalista e direto ao pouco.

ForbiddenRose65. Forbidden Rose (Avril Lavigne, 2011). “Rosa Proíbida” na verdade não contém rosa mas sim uma combinação de notas que compõe a fantasia de uma flor misteriosa. A partir de um topo frutado de maçã, pêssego e pimenta preta, o perfume revela um delicado buquê aquoso e polvoroso de flor de Lótus e heliotrópio. No dry-down, Forbidden Rose se assume totalmente gourmand com um fundo de sândalo, baunilha e chocolate. Do leve e inocente para o robusto e sexy.

WildRose66. Wild Rose (Avril Lavigne, 2011). Para compor a fantasia de uma “rosa selvagem”, Wild Rose incorpora notas tropicais e açucaradas. A composição abre borbulhante e suculenta com mandarina, toranja e ameixa, anunciando um coração floral e sensual de jasmim-manga, orquídea e flor de laranjeira. Um acorde de sândalo, caramelo e musk compõe um fundo “melado” e intoxicante.

Pulse67. Pulse (Beyoncé, 2011). Beyoncé introduz em 2011 um cítrico gourmand de nuances florais e boozy. Pulse é centrado na nota favorita da cantora, a orquídea, recebendo um topo de bergamota, pera e curaçao. O centro é enriquecido com notas de peônia e jasmim, enquanto a base fica a cargo de um acorde de madeiras nobres, baunilha e musk. Um perfume mais maduro e bem balanceado.

DitaVonTeese68. Dita Von Teese (Dita Von Teese, 2011). A própria encarnação da femme fatale lançou sua primeira fragrância para mulheres confiantes, misteriosas e glamourosas. Com um frasco preto no estilo anos 30, Dita Von Teese abre ácido e picante com notas de bergamota e pimenta, caminhando para um exuberante coração de rosa e jasmim. O perfume conta com uma potente base de patchouli, sândalo, gaiaco, incenso e almíscar. Dina Von Teese se dedicou inteiramente ao projeto, visitando regularmente a casa de fragrâncias durante um ano e meio.

Meow69. Meow (Katy Perry, 2011). Chiclete, merengue e algodão doce – tudo isso no mesmo perfume. Apesar da ênfase em flores brancas (gardênia, muguê, jasmim, madressilva), as notas mais evidentes de Meow são tangerina, pera, âmbar e baunilha. O resultado é um aroma cremoso e enjoativamente doce. Certamente feito para o público de meninas adolescentes.

GoldenSecret70. The Golden Secret (Antonio Banderas, 2011). Esta é uma fragrância basicamente construída em torno da nota de cedro. Na saída, um acorde refrescante de maçã verde e menta anuncia o centro especiado de cominho, noz moscada e pimenta preta. Notas de couro, tabaco, musk e, obviamente, cedro finalizam a composição. The Golden Secret resulta num agradável aroma amadeirado seco e macio, bem discreto e masculino.

wonderstruck71. Wonderstruck (Taylor Swift, 2011). Lançado pela cantora country-pop americana Taylor Swift, Wonderstruck é um floral frutado gourmand. Alegre e otimista, o perfume abre com um aroma de maçã, pêssego e framboesa frescos, aos poucos interagindo com uma quente e macia baunilha. Uma discreta nota de madressilva confere beleza e delicadeza à composição, antes de atingir seu ápice ambarado. Wonderstruck é uma fragrância bem-balanceada, feita para garotas e meninas-moças.

Gold72. Gold (Kim Kardashian, 2011). A socialite Kim Kardashian prossegue com sua linha de perfumes, introduzindo um atalcado oriental floral. Mesclando beleza e luxo, Gold une a delicadeza das flores (jasmim, rosa e violeta) à opulência das resinas (benjoim, labdanum e estoraque). Para suavizar a construção, uma nota de toranja com pimenta rosa na saída e uma nota de patchouli com musk na base são adicionadas. O resultado é uma atmosfera polvorosa e stylish.

HeatRush73. Heat Rush (Beyoncé, 2011). As fragrâncias de Beyoncé não têm sido sucesso de crítica nem de aceitação pelos fãs. A melhor opção é Heat Rush, um floral frutado com tons tropicais. Com a pretensão de ser um perfume jovem, fresco e nada sério, Heat Rush abre com um intenso aroma frutado de laranja-de-sangue, cereja e maracujá. Notas de hibisco, orquídea e flor de mangueira compõem o coração, enquanto notas de madeira teca, âmbar e musk são utilizadas para sustentar a composição.

Rebelle74. Rebelle (Rihanna, 2012). Rebelle é um floral frutado gourmand com nuances de café e chocolate amargo. O topo da fragrância consiste de notas de morango, ameixa e gengibre. Mais adiante, na evolução, um acorde de orquídea, heliotrópio, café e cacau produz uma atmosfera polvorosa e levemente doce. Uma base de patchouli, âmbar e musk ajuda a dar corpo à composição, tornando-a ao mesmo tempo suave e intoxicante. Durante horrores na pele e custa uma bagatela.

Wonderstruck75. Wonderstruck Enchanted (Taylor Swift, 2012). Já é um clichê: primeiro você lança um perfume versátil e, no ano seguinte, a versão noturna dele. No caso de Taylor Swift, o floral frutado da menina se transformou num oriental vanilla da menina moça. A proposta de diversão agora ganha seriedade. Notas de maracujá e frutas do bosque salpicadas com açúcar abrem a composição, que apresenta um coração sensual de champaca e gardênia, encerrando com baunilha e muito musk.

TruthDare76. Truth or Dare (Madonna, 2012). Com inspiração em seu perfume favorito, Fracas, Madonna encomendou seu primeiro perfume à Coty. Truth or Dare praticamente não tem notas de cabeça e abre diretamente com um buquê de flores brancas e néroli. A tuberosa domina no início, mas seu brilho é ofuscado mais à frente pelo muguê e flor de laranjeira. A base tem efeito de caramelo amanteigado por conta do benjoim. Comparado a Fracas, Truth or Dare foca mais no âmbar e deixa de lado as notas de pêssego e musgo de carvalho.

TruthOrDareNaked77. Truth or Dare Naked (Madonna, 2012). Pouco em comum com o Truth or Dare original, este flanker segue uma linha oriental floral com nuances polvorosas. Madonna escolheu a flor de orquídea como tema central, aqui trabalhada com dois acordes contrastantes: o floral fresco (néroli, madressilva e lírio-do-vale) e o resinoso doce (benjoim, cacau, oud e sândalo). O resultado é surpreendentemente gostoso e equilibrado, com um aspecto de bubble gum com bala toffee. Imperdível.

Fame78. Fame (Lady Gaga, 2012). O primeiro perfume da diva pop é um oriental floral de líquido preto (algo de fato inédito) colocado num frasco em formato de ovo capturado por uma garra. Nunca um lançamento explorou tanto de storytelling como este, desde as notas de matérias-primas “proibidas e perigosas” à tecnologia “inédita e revolucionária” usada para confeccioná-lo. Fame abre leve, fresco e frutado, seguindo para um aroma floral com mel e incenso. Embora a fragrância seja agradável, infelizmente sua fixação é curta demais para todo o seu marketing.

SelenaGomez 79. Selena Gomez (Selena Gomez, 2012). A atriz mirim resolveu perguntar aos seus fãs, por meio de seu site, quais notas ela deveria escolher para fazer o seu primeiro perfume – framboesa, frésia e baunilha foram as mais votadas. O perfume ganhou também laranja, abacaxi, pêssego e amora no topo, além de coco, âmbar, chocolate e musk na base. O resultado é uma fragrância doce e tropical porém harmonizada com facetas limpas e refrescantes.

Vivamore80. Vivamore (Selena Gomez, 2013). Enquanto sua fragrância assinatura foi um floral frutado gourmand, Selena Gomez escolheu um tema soliflor para seu segundo perfume. Construído em torno da cintilante nota de lírio, Vivamore busca sintetizar a feminilidade e elegância das mulheres. A composição conta com um topo refrescante de melão e chá verde, além de um fundo doce de açúcar queimado e baunilha.

AdamLevine81. Adam Levine for Women (Adam Levine, 2013). O vocalista de Maroon 5 lançou em 2013 uma fragrância para homens e outra para mulheres. A melhor delas é a feminina – um oriental floral balsâmico e polvoroso. Intoxicante e sensual, a parte mais marcante de Adam Levine for Women é sua base de sândalo, baunilha e benjoim com especiarias que propicia uma aura quente, cremosa e levemente doce. As notas florais de calêndula, rosa e jasmim são bem discretas, mas dão personalidade à composição.

AdamLevineMen82. Adam Levine for Men (Adam Levine, 2013). Adam Levine resolve abordar o universo aromático tropical nesta fragrância para homens modernos. Para fugir das mesmices dos perfumes frescos com toneladas de musk, Adam Levine for Men adota notas de folha de violeta e capim-limão para a saída, enquanto gengibre, maracujá e goiaba formam o coração. Além disso, frutas cítricas e madeiras secas entram para “amaciar” a composição. Adam Levine for Men ganha pontos pelo esforço.

PureHoney83. Pure Honey (Kim Kardashian, 2013). Dentre todas as fragrâncias da modelo e atriz Kim Kardashian, esta é a que mais se destaca. O tema central aqui não é trabalhando como o mel natural, que tem traços animálicos (às vezes de urina). Pure Honey é limpo, minimalista e doce, focando na interpretação industrializada do mel. A composição recebe notas florais de madressilva, rosa e frésia, conferindo mais personalidade. Pure Honey deixa um rastro doce e polvoroso de baunilha, coco e musk. Perfeito para fazer layering.

KillerQueen84. Killer Queen (Katy Perry, 2013). Criada em homenagem ao grupo Queen e sua canção Killer, esta fragrância é um floral frutado gourmand poderoso, sofisticado e ousado como a própria cantora Katy Perry. No início, o aroma é rico em flores (especialmente jasmim) e frutas (ameixa e frutas silvestres), porém o perfume vai se tornando cada vez mais doce, com uma marcante nota de chocolate com caramelo. Killer Queen lembra um pouco de bombas como La Vie Est Belle e Flowerbomb e vai agradar quem curte o gênero sem precisar gastar muito.

Taylor85. Taylor (Taylor Swift, 2013). A cantora americana oferece um floral frutado com traços frescos e polvorosos. Taylor tem uma saída delicada e suculenta de laranja, lichia, damasco e magnólia, logo seguindo um caminho floral de orquídea, peônia e hortênsia. O resultado é um aroma tropical e sedoso, reforçado com notas de sândalo e musk na base. Taylor é bastante apropriado para moças mais jovens com seu caráter lúdico e casual.

Rogue86. Rogue (Rihanna, 2013). Rogue é o quarto perfume da cantora Rihanna – um oriental floral exuberante e sedutor. O perfume assusta com sua saída doce e ácida de ameixa e flor de limoeiro, que interage com uma nota sintética de camurça. Quinze minutos depois, notas de jasmim e rosa emergem e acabam com o desconforto inicial. Daí para a frente, a composição se torna mais doce e cremosa com uma base de patchouli, âmbar, baunilha e musk. As notas de couro e patchouli acabam predominando, deixando o doce para o pano de fundo.

Unforgettable87. Unforgettable (Christina Aguilera, 2013). Christina Aguilera apresenta um floral frutado com base oriental. Unforgettable abre com um acorde frutado e suculento de ameixa e romã, aos poucos revelando um coração de jasmim e rosa. Para realçar a doçura das flores e frutas, notas de fava tonka, baunilha e cashmeran formam a base. O resultado é uma fragrância doce, quente e sexy que deixa um rastro frutado de baunilha. Unforgettable vai agradar quem curte Euphoria de Calvin Klein.

Dreams88. Dreams (Mariah Carey, 2013). Para simbolizar sua trajetória da infância ao estrelato, Mariah Carey encomendou esta floral frutado gourmand. Os primeiros instantes revelam um aroma de maçã caramelizada com toques de bergamota e amêndoas. Mais à frente, a composição desenvolve uma atmosfera floral delicada com notas de frésia, madressilva e lírio-do-vale. Para concluir, uma base de patchouli, fava tonka, baunilha e musk propiciam mais corpo e doçura. Dreams remete a um passeio no parque de diversões, deixando um rastro polvoroso e gostoso no ar.

Minajesty89. Minajesty (Nicki Minaj, 2013). Superado o desconforto do primeiro contato com o frasco de gosto duvidoso, Minajesty é um agradável floral frutado com tons tropicais. A composição tem uma saída frutada de limão siciliano, frutas vermelhas e pêssego, exatamente como um coquetel. Durante a evolução, notas florais de orquídea, jasmim-manga e magnólia emergem, conferindo uma aura floral suculenta e feminina. A base fica por conta de fava tonka, baunilha e musk. Excelente para se sentir de férias na praia.

Onika90. Onika (Nicki Minaj, 2014). Em Onika, Nicki Minaj mantém o seu estilo floral frutado com nuances aquáticas. A fragrância abre com notas de mandarina, pera e carambola, antes de adentrar um coração de orquídea, lírio aquático e osmanthus. Com uma atmosfera de jardim depois da chuva, Onika finaliza com uma base de açúcar, cedro e musk. Nicki Minaj acertou em cheio com este perfume que consegue combinar seu lado menina com seu lado mulher madura, equilibrando o lúdico e o elegante.

EauDeGaga91. Eau de Gaga 001 (Lady Gaga, 2014). Totalmente alheio às tendências, este novo perfume de Lady Gaga se inspira na delicadeza da nota de violeta. Com uma saída efervescente de limão e uma base seca e macia de couro e cashmeran, Eau de Gaga 001 é uma composição minimalista que exalta o vigor e a dinâmica da vida com muita sofisticação. Tudo é muito discreto, mas funciona. Recomendado para quem gosta de cítricos atalcados, sejam homens ou mulheres.

RoyalRevolution92. Royal Revolution (Katy Perry, 2014). Depois do sucesso de Killer Queen, a cantora americana aproveita o estilo básico do frasco e apresenta este inusitado floral frutado com fundo de couro. Royal Revolution primeiro exala um aroma frutado de romã e frésia. Minutos depois, a composição evolui para um acorde leve e atalcado de jasmim, orquídea e flor de laranjeira acompanhadas de um toque seco e macio de sândalo. Finalmente, o perfume conclui com uma base de espinheiro-negro, couro e musk. Ganha pontos pela ousadia.

Girl93. Girl (Pharrell Williams, 2014). Cruzando a fronteira entre mercado de massa e de nicho, o cantor americano Pharrell Williams trabalhou junto com a Comme des Garçons (conhecida por suas criações futurísticas) para criar esta fragrância unissex. O perfume é uma interessante combinação de notas atalcadas (íris e violeta), especiadas (pimenta e estoraque) e frescas (lavanda e néroli) sobre uma base amadeirada. O resultado é um aroma alegre, limpo, levemente doce e picante e, acima de tudo, fora do comum.

Sofia94. Sofía (Sofía Vergara, 2014). A atriz colombiana do seriado “Modern Family” lançou em 2014 seu primeiro perfume: um floral frutado oriental. Logo de cara a fragrância tem um aroma frutado de ameixa, cassis e frutas do bosque, seguindo para um delicado e atalcado coração floral (rosa, violeta e orquídea). Meia hora depois, Sofía atinge seu ápice com um aspecto bem doce e polvoroso, como num cruzamento de La Vie Est Belle e Coco Mademoiselle. Recém-lançado, está recebendo excelente avaliações.

Love95. Love (Sofía Vergara, 2015). Mal tendo lançado sua primeira fragrância, Sofía Vergara emplaca mais uma promissora fragrância seguindo a linha floral frutada gourmand. Love abre bem tropical com notas de mandarina, maçã verde, maracujá e néroli, antes de revelar um delicado acorde central de orquídea, íris, magnólia e flor de café. A base fica a cargo de uma combinação gourmand de chocolate ao leite, baunilha, café e musk. Tem tudo para agradar as moças mais descoladas.

Legacy96. Legacy (Cristiano Ronaldo, 2015). Depois de atores, cantores e socialites, é a vez do famoso jogador português se aventurar no universo dos perfumes. Fresco, limpo e seguro, Legacy de Cristiano Ronaldo adota o gênero amadeirado aromático com nuances florais. Com uma saída energizante de bergamota, maçã verde, lavanda e canela, a composição desenvolve em seguida um aroma atalcado de íris, violeta, peônia, alecrim e sálvia. A base de cedro, vetiver, patchouli e musk garante o desempenho e transparência da fragrância.

 NearDusk97. Near Dusk (Jennifer Aniston, 2015). A atriz americana afirma ter se inspirado na atmosfera fresca e relaxante do mar ao escurecer. Para tanto, Near Dusk conta com dois acordes contrastantes: um marinho e tropical de calone, pimenta rosa, coco, nectarina e flor de laranjeira; outro cremoso e esfumaçado de madeiras escuras, âmbar, baunilha e musk. Fãs de fragrâncias amadeiradas com nota marcante de flor de laranjeira como Alien de Thierry Mugler têm tudo para apreciar esta criação.

Zlatan98. Zlatan pour Homme (Zlatan Ibrahimovic, 2015). O jogador sueco de origem bósnia parece ser mais uma prova de que o futebol entrou de vez para a perfumaria. Zlatan pour Homme é um aquático com saída picante e efervescente de limão siciliano, folhas verdes e especiarias quentes, anunciando um coração aromático de lavanda e algas marinhas. A base fica a cargo de uma combinação de vetiver, madeiras nobres e couro. Mais simbólico do que propriamente inovador, Zlatan pour Homme é um perfume mediano e inofensivo.

JLust99. JLust (Jennifer Lopez, 2015). Seguindo o lançamento de JLove em 2013, esta fragrância apresenta um macio aroma floral frutado. JLust abre cítrico e suculento com notas de mandarina, folha de macieira e morango, antes de revelar seu coração belo e delicado de jasmim, pêssego e orquídea. Para propiciar um dry-down sedoso, a fragrância leva um fundo de tolu, fava tonka e musk.

RiRi100. RiRi (Rihanna, 2015). Rihanna lança seu sexto perfume na forma de um floral frutado de nuances boozy. RiRi abre com um acorde intoxicante de mandarina, cassis, maracujá e rum, anunciando um delicado centro floral de frésia, madressilva, flor de laranjeira e jasmim. Na secagem, uma base de sândalo, benjoim, baunilha e musk emerge, trazendo cremosidade e maciez. Bom equilíbrio entre o fresco e o doce, entre o luminoso e o escuro.

sweetlikecandy101. Sweet Like Candy (Ariana Grande, 2016). A terceira fragrância da cantora americana finalmente emplaca com seu teor altamente gourmand. Sweet Like Candy abre com amoras açucaradas, bergamota, cassis e pera, anunciando um centro doce (e melado) de jasmim, frangipani, madressilva, marshmallow e chantilly. Tudo isso é amarrado por um fundo de baunilha e cashmeran. Uma receita de sucesso para o público da cantora.

mauifantasy102. Maui Fantasy (Britney Spears, 2016). Britney Spears continua a introduzir flankers de seu maior sucesso comercial – Fantasy. Nesta versão, a cantora propõe um floral frutado com nuances tropicais. Maui Fantasy tem uma saída de cítricos e maracujá, aos poucos revelando um acorde central de cíclame, hibisco, tiaré e flor de laranjeira. A atmosfera tropical se completa com uma base de coco e baunilha, além de notas de madeiras nobres, âmbar e musk.

103. Private Show (Britney Spears, 2016). Private Show celebra uma das maiores paixões de Britney Spears – dança. O perfume segue o gênero floral frutado gourmand, abrindo com mexerica, nectarina, café e chantilly. Em seguida, o perfume evolui para um buquê de flor de laranjeira e jasmim, além de um toque de doce de leite. A base fica por conta de âmbar e musk.

104. Kiss (Rihanna, 2017). Depois de RiRi e Crush, Rihanna lança Kiss, um floral branco com nuances de balsâmicas que a propaganda diz significar a feminilidade da cantora. A partir de uma saída suculenta de ameixa, frésia e néroli, a composição evolve para um coração floral de peônia, flor de laranjeira e gardênia. Na conclusão, Kiss revela um fundo de cedro, baunilha, cashmeran, âmbar gris e musk.

105. Fantasy in Bloom (Britney Spears, 2017). Este floral frutado é dedicado à primavera e menos doce que o Fantasy original. Fantasy in Bloom abre suculento com frutas silvestres, mandarina e flor de cereja. Em seguida, a fragrância adentra um buquê feminino de flores brancas como jasmim e tuberosa, além de osmanthus. Sândalo, baunilha e âmbar concluem a composição com robustez.

Veja também: Nicho de Cosméticos

17 pensamentos sobre “Celebridades

  1. Pingback: 25 Perfumes de Celebridades, por Ego in Vitro |

  2. Nossa deu muita vontade nesse da Jennifer Aniston, e muuuita curiosidade no Legend do Michael Jordan (meu Deus Rochas Man e Au Masculin por 10$ !!! imagina ahaha )

    muito legal a lista

  3. Daniel, a Priscilla (Beaulieu) Presley foi esposa do Elvis. Sua filha se chama Lisa Marie – Palavra de quem tem o nome por essa homenagem! 😉
    Linda seleção, Fancy Nights é uma das gratas surpresas das celeb fragrances.
    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s