Principais Lançamentos Nacionais 2015-2019

Nota: Avon, Mary Kay e Oriflame estão em Fragrâncias de Catálogo.

Veja também: Nacionais Até 2014 e Nacionais Descontinuados

(principais fragrâncias por ordem cronológica de lançamento)

Carioca1. Carioca (Granado, 2015). A mais nova fragrância da Granado (Phebo) é, na verdade, o primeiro eau de toilette da antiga casa. Carioca foi concebido em comemoração aos 145 anos da marca brasileira fundada no Rio de Janeiro. Trata-se de um aromático com nuances florestais e oceânicas, mesclando notas cítricas, amadeiradas, ozônicas e florais. Preço inacreditável para o valor oferecido: R$67 em seu ano de lançamento.

Elysée2. Elysée (O Boticário, 2015). Originalmente lançado em 1997, Elysée é um chipre oferecido com concentração eau de parfum com preço diferenciado. Segundo informações do site de O Boticário, ele parte de um topo frutado e picante de limão siciliano, mandarina, maçã verde, framboesa, morango e canela, Elysée para abraçar um enorme buquê de íris, rosa, peônia, ylang-ylang e flores brancas. A base fica a cargo de um acorde encorpado e sensual de patchouli, sândalo, cedro, fava tonka, benjoim, âmbar, baunilha e musk.

Men3. MEN (O Boticário, 2015). MEN é um genérico fougère aquático com um topo de cítricos e especiarias, um centro de lavanda, gerânio, rosa e violeta, e uma base de musgo de carvalho, sândalo, couro, fava tonka e musk. Em 2016, O Boticário lançou o flanker MEN Only, um amadeirado aromático que acrescenta um contraste entre quente (âmbar) e gelado (menta), além de trocar a nota de lavanda por pêssego.

estaflor4. Esta Flor (Natura, 2015). O trio de florais frutados Rosa, Íris e Flor de Larajaneira tem em comum o aspecto “soapy” e uma base genérica de madeiras, resinas e musk. O primeiro faz uso de notas de cítricos, artemísia, lichia, rosa, violeta e peônia; o segundo, mais atalcado, incorpora notas de cítricos, petitgrain, kiwi, framboesa, pimenta rosa, néroli, muguê, íris e hibisco; o terceiro consiste de cítricos, flor de laranjeira e madeiras nobres. Todos bastante sintéticos e com desempenho limitado na pele, tanto em projeção como em longevidade.

Lúmis5. Lúmis (Eudora, 2015). Inspirado no champagne rosé, Lúmis é um floral aldeídico construído em tornos de notas florais (gardênia, rosa, jasmim), pêssego e diversos sintéticos para criar a fantasia da bebida alcoólica borbulhante. Segundo usuários, o resultado é um aroma quase funcional, bem próximo de um sabonete. Lúmis é brilhante e limpo como seu próprio nome indica, porém completamente genérico. Exagera quem o compara a J’Adore ou 212 Vip Rosé.

SavanaStyle6. Savana Style Pleasures (Mahogany, 2015). Savana Style é mais um perfume doce e polvoroso bem ao estilo de La Vie Est Belle de Lancôme, trazendo como destaque notas encorpadas e quentes de patchouli, âmbar, baunilha e chocolate ao leite. Para enriquecer a fragrância, a composição leva também um topo de cítricos, um centro floral (flor de laranjeira, íris e jasmim) e uma base de musk.

h7. H (Chlorophylla, 2015). A mais nova fragrância de Chlorophylla é um aromático aquático feito para homens dinâmicos. Segundo o site da marca, “a combinação de notas de limão siciliano e ozônicas trazem a sensação fresca da brisa. O toque amadeirado do sândalo e musk, nas notas de fundo, reforçam a sensação de satisfação dos homens que usam H.”

8. Ilía (Natura, 2015). A perfumista Veronica Kato afirma que “com uma aura luminosa de pomelo rosa e frutas vermelhas, Ilía apresenta uma rica combinação de flores como frésia, muguê (lírio-do-vale), jasmim transparente e gardênia, envolvidas por um complexo adocicado de baunilha e fava tonka, com toques ambarados e musk. Outras notas da fragrância são bergamota, flor de laranjeira, gardênia e rosa. Ilía é oferecida na concentração deo-parfum.

9. Olinda (L’Occitane, 2015). Esta fragrância floral frutada é inspirada em Olinda – cidade mundialmente conhecida por seu incomparável Carnaval. Segundo a marca, “nesta fragrância que combina notas frescas de frutas com um colorido buquê floral, L’Occitane au Brésil celebra a alegria de viver inspirada na mulher.”

10. Homem Madeiras (Natura, 2015). Seguindo o caminho oriental spicy, Homem Madeiras coloca um acorde amadeirado de nuances balsâmicas em contraste com um acorde especiado de nuances verdes. A fragrância abre fresca e borbulhante com notas cítricas e petitgrain, antes de evoluir para um coração quente e picante de gengibre, cardamomo, pimenta rosa e preta. A força do perfume está no vetiver, presente em sua base, além de madeiras nobres como cedro e sândalo.

11. Make B. Lumina (O Boticário, 2015). O Boticário afirma que a deo-colônia aqui apresentada “traduz o calor de uma pele radiante iluminada pelo sol, ideal para mulheres envolventes.” Além das notas verdes e cítricas na abertura, a composição conta com notas florais em seu centro e uma base constituída por sândalo, couro e musk.

12. Essencial Estilo (Natura, 2015). Essencial Estilo é oferecido na concentração eau de parfum. A versão feminina é um floral gourmand com topo de cítricos, maçã verde, pêssego, damasco e framboesa; corpo de jasmim, peônia, muguê, magnólia, rosa e flor de laranjeira; e fundo de sândalo, patchouli, âmbar, baunilha, bombom e musk. Já o masculino é um amadeirado fresco com topo de bergamota, pimenta rosa e preta, cipreste e elemi; corpo de jasmim e cedro; e fundo de vetiver, copaíba, fava tonka e musks.

13. Malbec Noir (O Boticário, 2015). Malbec Noir é um amadeirado especiado construído em torno de uma nota fantasia única de vinho pinot noir. A composição abre revigorante com cítricos, maçã verde, abacaxi, pimenta rosa e notas aquáticas. Em seguida, ela revela um coração ao mesmo tempo gelado e quente de lavanda com pimenta preta e coentro. Para finalizar Malbec Noir toma como base notas amadeiradas (vetiver, sândalo, patchouli) e balsâmicas (fava tonka, âmbar, labdanum), além de musks.

14. Capim-Limão (L’Occitane, 2015). L’Occitane au Brésil vai até a Mata Atlântica para resgatar a essência de uma de nossas preciosidades – o capim limão. Depois de uma abertura gelada de hortelã e notas aquáticas, a composição segue para um coração efervescente de cítricos diversos. O ingrediente tema funciona como a base da colônia. Capim-Limão é uma fragrância relaxante, com cheiro de spa e atmosfera de natureza.

15. Luna Rosé (Natura, 2015). Enquanto a versão original é um chipre moderno com notas principais de cítricos, rosa, jasmim e patchouli, a Natura resolveu reestruturar a composição para dar um aspecto mais floral (com um buquê mais diverso), com pitadas de pimenta rosa para realçar seu caráter mais jovial. Outro diferencial aqui é a inclusão de âmbar, além de mais almíscares na base. Muitos que o provaram disseram ter muita semelhança com Chance de Chanel.

16. Keen (Mahogany, 2016). Imagine uma fragrância floral adocicada. Assim é Keen da Mahogany. A composição tem como notas de cabeça limão, toranja, lichia e kiwi; notas de corpo lírio, jasmim, orquídea e chocolate; e, finalmente, notas de fundo sândalo, cedro, âmbar, baunilha, benjoim e musk. Ou seja, um equilíbrio entre o confortável e o chique.

17. Velvet Cristal (Eudora, 2016). A marca sedutora de O Boticário introduz este floral oriental “inspirado no mundo de poder glamour para trazer toda a elegância e sofisticação com o brilho do veludo cristal.” A composição leva notas frutadas, florais (flor de laranjeira e jasmim), caramelo e baunilha.

18. Kriska Beleza (Natura, 2016). Um floral que gira em torno do jasmim e da magnólia, Kriska beleza é uma deo-colônia “sensual para acompanhar a mulher em diferentes momentos do seu dia.” Lançada como edição limitada, a fragrância apresenta também notas de âmbar e fava tonka, entre outras. A Natura enfatiza seu “frescor vibrante”, apesar das notas adocicadas.

biografiainspire19. Biografia Inspire (Natura, 2016). Esta nova edição de Biografia (linha da Natura que começou nos anos 90 e que conta com diversos flankers, alguns na ativa e outros descontinuados) é um floral que abre com notas cítricas e de lichia. Na evolução, um buquê cintilante de magnólia desabrocha, anunciando uma base amadeirada de cedro, sândalo, âmbar e musk.

forumnight20. Forum Night (Forum, 2016). O novo par de fragrâncias de Forum consiste de um amadeirado aromático para homens e um floral musky para mulheres. O primeiro abre com anis, violeta e eucalipto, seguindo com vetiver, cedro e patchouli, para finalizar com heliotrópio, âmbar e musk. O segundo abre com limão e tagetes, seguindo com violeta, jasmim e vetiver, para finalizar com cedro, âmbar e musk.

malbec-novo-perfume-masculino-amadeirado-2941021. Malbec Sport (O Boticário, 2016). Depois de uma grande variedade de flankers, O Boticário finalmente lança a versão esportiva de seu maior best-seller. Mas Malbec Sport não é um perfume cítrico e sim brinca com o contraste entre quente e gelado. Abrindo com cardamomo e noz moscada, a composição parte para um coração de gerânio, lavanda e carvalho. A secagem fica a cargo de um acorde base de sândalo, patchouli, couro, âmbar e musk.

floratta-buque-de-flores-perfume-feminino-2875522. Floratta Buquê de Flores (O Boticário, 2016). O novo componente da linha Floratta de O Boticário é um inusitado oriental floral de nuances especiadas e amadeiradas. A partir de um acorde de cítricos, cardamomo, folhas verdes e jacinto, Floratta Buquê de Flores ganha um corpo de flor de laranjeira, jasmim e rosa. No dry-down, seu fundo de cedro, musgo de carvalho, âmbar, fava tonka e musk fica mais evidente.

mylily23. My Lily (O Boticário, 2016). Oferecido na concentração eau de parfum e com um borrifador do tipo pera, My Lily é um floral verde construído em torno do narciso. Segundo o site da marca, trata-se “de uma flor marcante para a mulher que, em feminilidade e frescor, exala sua elegância única.” O perfume incorpora um topo de bergamota, mandarina, damasco e folha de violeta, um centro de magnólia, narciso, muguê e rosa, e um fundo de cedro, sândalo, cashmeran e musk.

homemessence24. Homem Essence (Natura, 2016). Homem Essence é um aromático especiado com nuances cítricas e ambaradas. O perfume tem uma saída efervescente de bergamota, toranja, limão siciliano e gengibre. Mais à frente, a composição evolui para um centro picante de cardamomo, pimenta preta, canela, coentro e violeta. Tudo isso é “amarrado” por um fundo semioriental de patchouli, gaiaco, cedro e âmbar, além dos sintéticos cashmeran e Iso E Super. Homem Essence é oferecido na concentração eau de parfum.

25. Flor do Luar (Natura, 2016). Seguindo o gênero floral, Flor do Luar é mais um integrante da linha Ekos de Natura. O perfume abre com limão siciliano, tangerina e notas verdes, anunciando um centro de notas de óleo, pataqueira e priprioca. A base é formada por bálsamo de copaíba. O resultado é um perfume feminino quente e um tanto oleoso.

urbanballet 26. Make B. Urban Ballet (O Boticário, 2016). O Boticário lança, dentro da linha Make B., este floral amadeirado musky de nuances polvorosas e gourmands. Depois de uma inusitada saída de pêssego e cardamomo, Urban Ballet faz emergir um coração atalcado de tulipa, rosa e lírio-do-vale. No dry-down, fica mais nítida a nota de caramelo, que é balanceada com vetiver e almíscares.

coffeeparadiso27. Coffee Paradiso (O Boticário, 2016). Esse par de orientais vanilla é mais um tributo ao café, um ingrediente tão comum para o brasileiro. A “pegada” aqui não é algo fresco e sim quente. Na versão feminina, Coffee Woman Paradiso, notas de açúcar, âmbar e cashmeran dão doçura e suavidade à composição. Na versão masculina, Coffee Man Paradiso, uma nota de cardamomo traz uma impressão sensual, enquanto uma nota de chocolate com âmbar o deixa ainda mais envolvente.

28. Homem Especiarias (Natura, 2016). Homem Especiarias é um amadeirado especiado de nuances cítricas e verdes. A partir de um topo de bergamota, toranja, limão siciliano, tangerina e ruibarbo, o perfume assume um centro de gerânio, que é acompanhado de um buquê de especiarias (gengibre, coentro, noz moscada, pimenta branca e preta). A base fica a cargo de um acorde de elemi, benjoim, cedro, patchouli, vetiver e musk.

bitterflower29. Bitter Flower (Mahogany, 2016). Este é um floral amadeirado musky de nuances cítricas e ambaradas. Bitter Flower abre frutado com notas de bergamota, laranja e framboesa, anunciando um coração de gardênia, jasmim e flor de laranjeira. No dry-down, é a vez de um acorde de base de patchouli, âmbar, veludo, madeiras nobres, baunilha e musk.

preludesblanche 30. Prélude S. Blanche (Eudora, 2016). Seguindo o gênero floral frutado gourmand, Prélude S. Blanche traz uma saída frutada e picante de pera e pimenta. O fundo de caramelo e chocolate branco parece querer subir imediatamente, deixando como meras coadjuvantes as flores de peônia e lírio-do-vale. Prélude S. Blanche conta ainda com notas de base de mel, madeiras brancas e musk.

vet31231. Vet 312 (L’Acqua di Fiori, 2016). O vetiver parece estar realmente ressurgindo na perfumaria nacional. Pois a L’Acqua di Fiori faz uma homenagem a esse capim de luxo com um perfume amadeirado aromático. Vet 312 abre com um acorde efervescente de cítricos e evolui para um centro floral, antes de fazer emergir sua base de vetiver marcante.

lafleur32. La Fleur (Mahogany, 2016). Este é um floral frutado construído em torno da rainha das flores. La Fleur abre com um acorde frutado de cítricos, pera e framboesa, temperado com especiarias. Na evolução, a rosa emerge acompanhada de peônia, lírio-do-vale e magnólia. A secagem fica por conta de um fundo de cedro, sândalo, patchouli, baunilha e musk.

33. Essencial Elixir (Natura, 2017). Segundo a Natura, a versão Elixir da linha Essencial oferece sofisticação e exclusividade. A composição feminina é um chipre moderno com um topo cítrico e frutado fresco (pera), um coração floral atalcado (rosa, violeta, lírio-do-vale) e um fundo de patchouli e musk. Já para a versão masculina, a casa seguiu o caminho mais boêmio, oferecendo um perfume à base de madeiras nobres e couro, refrescado por cítricos e lavanda, e aquecido por conhaque, baunilha e notas orientais.

Insensatez34. Insensatez (O Boticário, 2017). Originalmente lançado nos anos 90, este saudoso perfume de O Boticário é um floral frutado com notas tropicais e efervescentes. Um acorde de tangerina, abacaxi e mamão interage com um acorde floral verde e aquoso (chá, folha de violeta, lírio-do-vale, rosa). Insensatez conta com uma base crispy de musgo de carvalho, madeiras secas e musk, conferindo total harmonia e conforto à composição. Unissex.

35. Essencial Oud (Natura, 2017). A casa Natura inova ao unir a nota de oud (a nota da moda) à nossa madeira típica de copaíba. A versão feminina traz facetas florais de rosa e jasmim, além de uma nota ardida de pimenta preta na saída e uma nota macia de cashmeran na base. Essencial Oud Masculino segue um caminho mais oriental especiado, com uma saída narcótica de canela, cardamomo e açafrão; um coração encorpado de copaíba e oud; e uma base opulenta de âmbar.

36. Diva (Eudora, 2017). Diva de Eudora é um floral frutado gourmand que, segundo o site da marca, é “dedicado a mulheres poderosas e marcantes que vão em busca dos seus sonhos e se destacam e atraem os olhares por onde passam. Diva é a surpreendente e sofisticada combinação das notas olfativas de ameixa negra e pera que anunciam sua chegada. O bouquet floral e a doçura envolvente do caramelo hipnotizam e te tornam única.”

37. Glamour Love Me (O Boticário, 2017). Segundo o site da marca, “Glamour Love Me vai revelar essa sua essência com uma fragrância delicada e envolvente. Naturalmente sensual, Glamour Love Me é delicada e transmite conforto, além de trazer uma tendência mundial de fragrâncias segunda pele, conhecidas como nudes. Sua fragrância floral musk combina a delicadeza de pétalas de rosas com um fundo que traz a cremosidade da baunilha combinada com musk, revelando a sensualidade natural que há na pele de toda mulher.”

38. Essencial Exclusivo (Natura, 2017). Originalmente lançados em 2010, a casa não revela a pirâmide olfativa de ambas composições, limitando-se a dizer que o feminino é uma fragrância floral envolvente e que traz toques de magnólia e que o masculino trata-se de uma fragrância amadeirada envolvente com toques de especiarias finas. Para ambos, o site também diz “só você tem sua história, só você tem suas memórias e só você tem seu perfume”.

39. Elysée Nuit (O Boticário, 2017). Elysée Nuit é um floral frutado gourmand de nuances cítricas e amadeiradas. O perfume abre com flor de ameixa , cassis, frutas vermelhas e bergamota, anunciando um buquê de magnólia, rosa, frésia, lírio-do-vale e peônia. Tudo isso recebe uma nota de macarron. A base fica a cargo de vetiver, patchouli, sândalo e musk. Elysée Nuit é oferecido como deo-parfum.

40. Frescor de Moça (Natura, 2017). Segundo o site da marca, este floral frutado “vem para ressaltar toda a delicadeza do lado feminino”. A fragrância é enriquecida com óleo essencial de copaíba, aproveitando assim a biodiversidade brasileira, além de despertar os sentidos.

41. Ninfa das Águas (L’Occitane, 2017). Com exclusividade para o mercado brasileiro, L’Occitane lança uma fragrância construída em torno da vitória-régia. O perfume é transparente, com uma saída de notas aquáticas, um corpo floral e um fundo ambarado cremoso (conforme o site da marca).

42. Jardin des Roses (Mahogany, 2017). Esta deo-colônia gira em torno de um acorde fantasia de champagne. Classificada como floral frutado musky, a composição abre com notas cítricas, verdes e frutadas (groselha e pêssego). Em seguida, adentra um coração de rosa, jasmim, lírio-do-vale e o “extrato” de campagne. Cedro, sândalo e musk formam a base.

43. Natura K (Natura, 2017). Este é o perfume que a Natura escolheu para ser o queridinho do ano, apostando em grande publicidade, inclusive dedicando uma página em seu site exclusiva para ele. A empresa baseia-se no mar com seus “ímpetos e ciclos”, buscando “intensidade, frescor e sofisticação”. Para tanto, K caminha com notas de aromáticas de alecrim, zimbro e especiarias finas, concluindo com uma base de âmbar. Feito para “ocasiões especiais”. Inspirado no Kaiak original, K é oferecido na concentração eau de parfum.

44. Una Artisan (Natura, 2017). Oferecido na concentração de eau de parfum, Una Artisan é um chipre floral que abre com mandarina, cassis e pera, evolui para um mix de madeiras nobres e conclui com uma nota de baunilha. Segundo a Natura, o perfume é “precioso e cheio de detalhes que transformam, como arte.” “Uma ótima opção para ocasiões especiais.”

45. Floratta Flores Secretas (O Boticário, 2017). Depois de tantos flankers da linha Floratta, O Boticário desta vez aposta no poder das frutas, especialmente do figo. A fragrância começa efervescente com cítricos e maçã verde, deixando uma dica de figo. Em seguida, o figo entra de vez acompanhado de frésia e cashmeran. O site da marca afirma que a base é formada pelas notas de framboesa, pêssego, âmbar e musk.

46. Chiaro VIP (L’acqua di Fiori, 2017). A tradicional marca de fragrâncias nacional descreve esta composição como um perfume enigmático, composto por notas frescas e quentes de especiarias e madeiras. Chiaro VIP abre com limão, sálvia, cardamomo e menta, seguindo com um coração de jasmim e especiarias, antes de concluir com guaiaco, patchouli e musgo de carvalho.

47. Fleur de Vie (L’acqua di Fiori, 2017). “Uma sensualidade feminina interpretada através de um elegante bouquet floral, com toques especiados, envelopados por um complexo de musks e madeiras transparentes” diz o site da marca. Seu ingrediente especial é a magnólia, que possui uma fragrância floral doce com aromas de baunilha e de limão.

48. Malbec Gold (O Boticário, 2017). O Boticário oferece mais uma variação do best-seller Malbec. A deo-colônia conta com a seguinte estrutura: topo de cítricos, maçã, gengibre e pimenta preta; coração de noz moscada, flor de laranjeira, canela, âmbar, lavanda e couro; fundo de cedro, patchouli, cashmeran, fava tonka, olíbano, âmbar, oud e baunilha.

49. Homem Sagaz (Natura, 2017). Se você gosta de um perfume mais quente, provavelmente curtirá esta criação da Natura, especialmente nas baladas. A marca o descreve como “uma combinação moderna de notas licorosas e madeiras quentes com um toque apimentado, que proporcionam durabilidade e ousadia à fragrância.” Destaque para a nota de ameixa. Homem Sagaz é oferecido na concentração eau de parfum.

50. Capricho #BeMyself (O Boticário, 2017). A linha Capricho de O Boticário é dedicada às garotas e esta não é uma exceção. Este floral oriental abre efervescente com bergamota e mandarina, envolvendo-se para um coração floral de jasmim, cíclame, lilás, rosa e violeta. A base fica por conta de coco, sândalo, cedro, baunilha e musk.

51. Make Me Fever Rose (Mahogany, 2017). Mais um flanker do bem-sucedido Make Me Fever, a deo-colônia é descrita como jovem, romântica, floral e envolvente”, na forma de um chipre floral. Depois de uma saída refrescante de bergamota e mandarina, Make Me Fever Rose segue para um buquê de jasmim, lírio-do-vale, rosa, violeta, frésia e néroli, antes de concluir com uma base de musgo de carvalho, madeiras nobres, âmbar e musk.

52. Arbo Ocean (O Boticário, 2017). Lançada no verão e trazendo a atmosfera marítima, Arbo Ocean de O Boticário promete ser refrescante como um mergulho no mar, e também para o dia a dia, de acordo com o site da marca. Apesar de aparentar ser uma fragrância aquática, ela é oriental amadeirada com um topo de notas cítricas e revigorantes.

53. Xuxa Meneghel (Jequiti, 2017). A apresentadora ganha sua fragrância exclusiva feita pela Jequiti. Xuxa Meneghel é um floral oriental bastante diversificado em termos de notas olfativas. Abrindo refrescante com tangerina, bergamota, toranja, erva-doce e hortelã, a composição parte para um buquê de jasmim, flor de laranjeira e rosa. Na secagem, a fragrância revela um lado quente propiciado pelas notas de canela, sândalo, cedro, âmbar e musk.

54. Kriska Drama (Natura, 2018). O nome em si é ousado, no mínimo interessante. Trata-se de um oriental gourmand focado num acorde de açúcar derretido com amendoim, nozes e avelãs torradas, conforme o site da marca. A fragrância é carregada de frutas vermelhas e com uma notável dose de patchouli. Nuances cítricas e florais surgem e desaparecem rapidamente. Notas orientais como âmbar, baunilha e fava tonka completam a composição.

55. Kaiak Aero (Natura, 2018). Vinte anos depois do original, a Natura lança um flanker ainda mais refrescante, tentando traduzir a atmosfera oceânica. Fresca por natureza, a fragrância já abre exótica com bergamota, cardamomo, zimbro e ruibarbo. Em seguida, o coração aparece com notas “geladas” como gerânio e folhas de violeta. A base bem-reforçada fica a cargo de cedro, sândalo e âmbar.

56. Linha Perfumaria (Phebo, 2018). Em 2018, a Phebo lançou (ou relançou no caso de alguns) uma linha posicionada como perfume, ao invés de colônia: Arábica (café, lírio-do-vale, âmbar), Maia (cacau, leite, cumarina), Olha o Mate (mate, cítricos, cravo-da-índia), Metrópole (ameixa, damasco, sândalo), Fava Tonka (cumaru, cítricos, resinas), Santalum (sândalo, cardamomo, incenso), Timur (lavanda, vetiver, patchouli), Aura (cítricos, néroli, musk), Lichia e Pimenta (lichia, pimenta rosa, jasmim, rosa), Carnaval (flores brancas, notas verdes), Baunilha (baunilha, íris, benjoim), Patchouli (patchouli, cítricos, rosa), Bahia (coco, lavanda, musk), Bronze (baunilha, rum, âmbar), Zimbro (zimbro, lavanda, menta) e Isolda Cajueiro (frutas, néroli, rosa).

57. Coffee Duo (O Boticário, 2018). Depois de Coffee Paradise, O Boticário parte para a variante Duo, tomando direções bastante criativas. A versão feminina é de difícil classificação, já que, além da nota central de café, ela recebe notas aromáticas (lavanda em particular), frutadas (diversas), florais (rosa, jasmim, ylang-ylang), amadeiradas (patchouli, sândalo), benjoim, leite e musk. Já Coffee Duo Man é claramente um oriental ao unir café, licor, ameixa, especiarias e fava tonka, além de mostrar nuances florais e amadeiradas.

58. Egeo Red / Egeo Blue (O Boticário, 2018). Ampliando a franquia Egeo, O Boticário lança mais duas fragrâncias caracteristicamente doces. Egeo Red, a mais feminina, é um floral frutado gourmand com foco num acorde borbulhante de frutas vermelhas e noutro docíssimo de baunilha, rum e marshmallow. Flores, madeiras e resinas completam a composição. Egeo Blue, a mais masculina, é um oriental amadeirado que gira em torno da baunilha, aqui realçada com notas especiadas (gengibre, cardamomo, açafrão, pimenta preta), além de cítricos, gerânio e malte.

59. Una Senses (Natura, 2018). Segundo a Natura, Una Senses é uma combinação inspirada no encontro entre terra e fogo. Esse encontro é interpretado através da interação entre um acorde floral e sensual de tuberosa (angélica) e um acorde oriental e quente de baunilha, cumaru (fava tonka), benjoim, âmbar e cashmeran. Uma marcante nota de laranja na saída traz sparkle, enquanto um véu de musks traz maciez.

60. África (Mahogany, 2018). Mahogany decidiu explorar a madeira que deu origem ao seu nome (“mahogany” significa mogno em português). Para tanto, inspirou-se no continente africano – onde lá tem suas raízes – e elaborou uma fragrância essencialmente amadeirada e masculina. O tema central leva notas de todas as famílias olfativas: eucalipto, pimenta preta, lavanda, sálvia, gerânio, cedro, patchouli, fava tonka, camurça, âmbar e couro.

61. Love Lily (O Boticário, 2018). Diferentemente de seu predecessor My Lily, um brilhante e suave floral verde, Love Lily traz uma faceta oriental ao adicionar baunilha à nota principal de lírio. Esta é abraçada por outras flores como rosa e peônia, com nuances de néroli e jasmim. Para propiciar conforto, sua base conta com um acorde aveludado de sândalo e almíscares. Oferecido na concentração eau de parfum.

62. Ilía Secreto (Natura, 2018). Ilía Secreto é um floral frutado gourmand que segue o caminho do original. No entanto, ao invés do foco no acorde “vermelho” de groselha e framboesa, o flanker aposta no acorde “roxo” de uva e ameixa. Apesar das flores brancas (jasmim em particular) e das madeiras nobres, esta fragrância se destaca por uma intoxicante nota de café acompanhada de uma viciante nota de fava tonka.

63. Malbec Club Intenso (O Boticário, 2018). Malbec Club Intenso é um amadeirado de traços cítricos, picantes e balsâmicos. Abrindo com uma explosão de cítricos (bergamota, limão tahiti e siciliano, cardamomo, pimenta preta), a composição evolui para um centro seco e amadeirado (gaiaco, cedro, patchouli, musgo de carvalho). No dry-down, notas quentes e balsâmicas (benjoim, âmbar, incenso) suportam o perfume juntamente a um manto de musks.

64. Malbec Magnetic (O Boticário, 2018). O Boticário arrisca-se aqui numa das tendências da nova perfumaria – o território mineral. Além da nota temática de uva e uma base de madeiras nobres, a fragrância traz sintéticos modernos que reproduzem terra e metais. Mesmo com uma aura mais brilhante, trata-se uma deo-colônia potente e encorpada assim como o resto da linha.

65. Malbec Signature (O Boticário, 2018). A pretensão de O Boticário ao introduzir o flanker Signature de seu maior best-seller, é mirar nos homens que gostam de ostentar e buscar elogios. Para tanto, o perfume gira em torno da marcante nota de oud. Em seu entorno, a composição recebe notas cítricas (bergamota, laranja, limão), especiadas (cravo-da-índia em particular), amadeiradas (cedro, patchouli, vetiver) e orientais (âmbar, baunilha).

66. Kriska Shock (Natura, 2018). Desde a introdução de seu icônico floral frutado em 1995, Kriska já ganhou oito flankers. Ao contrário da sua complexa construção original, a variante Shock é um minimalista gourmand baseado no acorde ultra-doce de baunilha, caramelo e algodão doce, com pitadas de pimenta rosa. Sem qualquer sofisticação ou originalidade, Kriska Shock é uma fragrância para meninas meigas e despretensiosas.

67. Floratta l’Amore (O Boticário, 2018). Feito para as mulheres românticas e espontâneas, Floratta l’Amore é um inesperado floral cítrico. A nota fantasia de limoncello traz efervescência a um buquê luminoso de néroli, flor de laranjeira, gardênia, magnólia, jasmim e lírio. Um topo de cítricos, maçã verde, damasco e frutas vermelhas abre a fragrância de forma lúdica, enquanto um fundo de cedro, sândalo, âmbar e musks a envelopa para garantir estender ao máximo seu lasting.

68. Homem Cor.Agio (Natura, 2018). A Natura buscou, através deste perfume, se inspirar em ingredientes tipicamente brasileiros como o cumaru (fava tonka) e a madeira de copaíba, rodeados de especiarias (noz moscada em particular), para retratar um homem ao mesmo tempo corajoso e receptivo. Notas de lavanda, cedro e âmbar completam a fragrância.

69. Glamour Just Shine (O Boticário, 2018). Glamour Just Shine segue uma das maiores tendências da atualidade – perfumes solares. Um perfume solar é aquele que traz notas salinas e lactônicas para emular a atmosfera de praia. Nesta composição, a parte salina é contrabalanceada com tons de chocolate ao leite, e abrilhantada com flores (jasmim, magnólia, flor de pêssego, íris). Tudo é sustentado por uma base de madeiras nobres, âmbar e almíscares.

70. Luna Intenso (Natura, 2018). O best-seller Luna, um chipre clássico introduzido em 2014, foi tomado como base para este chipre, desta vez numa versão moderna. Moderna porque, além do “esqueleto” de cítricos-flores-madeiras, Luna Intenso conta com notas de cassis, pêssego e baunilha, tornando-o mais doce e cremoso. Oferecido na concentração eau de parfum.

71. La Victorie (Eudora, 2018). Apresentada como deo-parfum, La Victorie é uma fragrância posicionada para mulheres empoderadas. Para sua formulação, a marca Eudora escolheu um caminho floral oriental centrado num buquê floral atalcado de íris. Madeiras nobres sustentam o perfume, enquanto notas de caramelo e pralinée a tornam doce e viciante. Claramente inspirado no sucesso de Lancôme, La Vie Est Belle.

72. Essencial Supreme (Natura, 2019). A cor vermelha dos frascos feminino e masculino de Essencial Supreme ilustram o ingrediente central de suas criações: o ishpink, a canela amazônica. A versão feminina incorpora notas florais (ylang-ylang, violeta, jasmim), patchouli e baunilha. A versão masculina incorpora sálvia, cedro, patchouli, âmbar e cashmeran. Ambos são oferecidos na versão eau de parfum.

73. Make Me Fever Blue (Mahogany, 2019). Seguindo um caminho floral especiado, Make Me Fever Blue é mais uma variante da bem-sucedida franquia Make Me Fever de Mahogany. Sua pirâmide olfativa consiste de uma saída efervescente e sparkling de bergamota e mandarina; um corpo picante e luminoso de gengibre, jasmim, flor de laranjeira, magnólia e tuberosa; e um fundo encorpado e adocicado de patchouli, sândalo, âmbar e baunilha.

74. Arbo Reserva (Natura, 2019). Mais clássico e conservador, Arbo Reserva é um amadeirado aromático fresco e energizante com grande foco em notas verdes para criar uma aura florestal. Com estrutura e evolução monolítica, a composição se baseia em uma inovadora nota fantasia de gotas de orvalho acolhida por folhas verdes e sustentada por madeiras nobres (vetiver, cedro, patchouli).

75. Ilía Dual (Natura, 2019). Depois do lançamento do original em 2015 e do flanker Secreto em 2018, a casa brasileira lança Ilía Dual. Desta vez, a composição sai do caminho floral frutado gourmand e adentra o mundo oriental floral. Depois de uma saída adstringente de pimenta vermelha e canela, ela evolui para um coração de flores brancas e acácia. Além das resinas que suportam o perfume, o destaque fica com o acorde sofisticado de couro e tabaco.

76. Brésil (L’Occitane, 2019). Apesar do risco de lançar uma fragrância com o nome Brésil, a filial brasileira de L’Occitane mostrou que o esforço não foi em vão. Seus perfumistas visitaram e se inspiraram em quatro cidades: Manaus, Salvador, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Trata-se de uma fragrância floral verde com saída de cítricos, folhas, ervas e coco; coração de rosa, magnólia e café; e fundo de madeiras nobres, baunilha e musk. Apesar da diversidade de notas, o perfume funciona e reflete de certa forma a nossa brasilidade.

77. Quasar Brave (O Boticário, 2019). Para criar Quasar Brave, O Boticário buscou sabedoria na cultura Samurai e seus elementos milenares presentes em suas batalhas diárias. Assim, a fragrância é construída com sintéticos que imitam o aroma do saquê e do chá preto. Outras notas em destaque são bergamota, pera, lavanda, gerânio e pimenta preta. Tem sido muito comparado a Sauvage de Dior.

78. K Max (Natura, 2019). Dois anos depois de introduzir K, um novo pilar na sua linha de fragrâncias, a Natura traz K Max – um flanker mais caloroso e potente. As notas aquáticas, verdes e apimentadas do original são mantidas, porém aqui a composição adentra o mundo oriental com notas de olíbano, estoraque e couro. Destaca-se também a nota gelada e lúdica de menta, que realça ainda mais o caráter quente e opulento do perfume.

79. Kriska Mania (Natura, 2019). A proposta aqui é de uma fragrância viciante. Para tanto, Natura apostou nas notas principais de caramelo e cacau, com uma pitada de flor de sal. Abrindo com mandarina, pimenta rosa, cardamomo e flor de sal, a composição evolui para um corpo de notas florais (magnólia, gardênia) e amendoadas (nozes, fava tonka). No fundo, notas amadeiradas (cedro, sândalo), ambaradas, caramelo, cacau e musk finalizam a fragrância.

80. The Blend / The Blend Bourbon (O Boticário, 2019). Com Rodrigo Santoro como garoto propaganda, The Blend, deo-parfum, é uma das grandes apostas de o Boticário para os próximos anos. Segundo a casa, seu diferencial está no processo de destilação feito em um alambique de cobre. A versão tradicional une a nota de rum a um acorde de pimenta preta, canela, cravo-da-índia e noz moscada, enquanto a versão Bourbon é mais intensa, agregando às especiarias notas de baunilha e crême brulée.

81. Luna Radiante (Natura, 2019). Depois da variante Intenso, lançada em 2018, Natura volta ao conceito chipre do original (2014) – o primeiro deo-parfum da casa – e introduz ingredientes típicos do nosso país: priprioca e paramela. Sua estrutura básica é formada por uma laranja amarga no topo, um jasmim luminoso no coração e um patchouli terroso na base. Apesar de ser um chipre, Luna Radiante é descontraído, leve e solto, sem perder sua seriedade e elegância.

82. Diva Nuit (Eudora, 2019). O mundo sensual da segunda marca de O Boticário se afirma com a introdução de Diva Nuit – um oriental floral. Sua composição é a justaposição entre um acorde de flores brancas (gardênia, jasmim, tuberosa) e outro de avelãs e baunilha. Um topo de laranja com pera e um fundo de cedro com musks completam a criação.

83. Egeo On Me / Egeo On You (O Boticário, 2019). Egeo On Me e Egeo On You são um marco na perfumaria nacional já que são as primeiras fragrâncias criadas a partir de inteligência artificial – trata-se de um processo em que vastas bases de dados são analisadas para extrair combinações harmoniosas e pouco exploradas pelos perfumistas. Egeo On Me (feminino) é um floral frutado gourmand com notas principais de frutas vermelhas, baunilha e toffee com nuances de rosa, jasmim, patchouli e âmbar. Egeo On You (masculino) é um aromático (herbáceo) gourmand com notas principais de feno, hortelã, eucalipto e leite condensado com nuances de cardamomo, lavanda e vetiver.

84. Seja Como Flor (Quem Disse Berenice, 2019). Pertencente ao grupo O Boticário, a marca volta com um novo sucesso de vendas – Seja Como Flor. A fragrância é construída em torno do acorde de rosa e cacau, com nuances de jasmim, fazendo dela um oriental floral nem muito gourmand-moderno nem muito feminino-datado. A junção das duas notas principais propicia uma atmosfera atalcada e adocicada. Apropriada tanto para o dia como para a noite.

(página em contínua atualização)

Sabe se algum perfume desta lista foi descontinuado? Por favor escreva um comentário abaixo e eu atualizarei o site. Obrigado pela cooperação.

Nota: Avon, Mary Kay e Oriflame estão em Fragrâncias de Catálogo.

Veja também: Nacionais Até 2014 e Nacionais Descontinuados

12 pensamentos sobre “Principais Lançamentos Nacionais 2015-2019

  1. Empresas como amberfig,sapientiae,entre outras,estão em constante crecimento.
    Pois o nicho nacional é otimo,assim como seu blog,quem sabe Daniel você poder reconsiderar um dia?pois conteúdo é conteúdo,torço sinceramente para que isto aconteça.

  2. No nº 33 vc descreve o Make me Fever Silver, mas cita o Make Me Fever Gold. Outro ponto é que, ainda que eu compreenda o fato da não atualização dos nichos a partir de 2017, lamento profundamente sua decisão.

  3. Boa tarde!!! Tem algum perfume que chega a se aproximar da fragrância de “Esta Flor Rosa”??? Ele saiu de linha.

  4. Olá!
    Você tem interesse em voltar a comercializar a descontinuada Coleção Barista? Eu e muitos fãs estamos querendo a volta o perfume ROSA LIBRE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s