Flankers Summer

SummerEditionPara quem mora no hemisfério norte e está acostumado a um clima temperado, o verão traz alegria mas também desafios. Nos países mais frios, como Canadá e Suécia, não há ar condicionado em muitos edifícios e casas, tornando as condições ambientais de escritórios e residências complicadas, se não insuportáveis. Em outras palavras, tecnicamente, para eles fragrâncias de verão são mais necessárias do que para nós. Por outro lado, muitos de nós que vivemos sob altas temperaturas a maior parte do ano não toleramos os perfumes mais doces e encorpados. A consequência é que muitos brasileiros acabam adotando a versão summer como fragrância assinatura, independente da estação. Flankers de verão, no entanto, trazem incertezas, pois muitos são edições limitadas que depois são descontinuadas, deixando o usuário na mão. O mais comum é que grandes best-sellers como CK One, L’Eau d’Issey e Le Mâle/Classique continuem renovando suas linhas de verão ano após ano, estourando de vender nos duty frees da Europa e Estados Unidos no verão e, é claro, nos países tropicais durante todo o ano. Tais fragrâncias normalmente enfatizam notas cítricas e verdes, às vezes com toques de frutas, para criar uma aura mais natural, refrescante e confortável.

(ordem cronológica por ano de lançamento)

CKOneSummer1. CK One Summer (Calvin Klein, 2004). Desde 2004 Calvin Klein segue a tradição de lançar uma versão de CK One Summer a cada verão do hemisfério norte. A versão de 2015 adota notas de pepino, menta, limão siciliano, melancia, gin, anis e gengibre para criar uma atmosfera refrescante e energizante. Seguindo o padrão da casa, a base recebe notas de madeiras secas e musk, levemente incensada. Simples e limpo, CK One Summer é uma opção econômica e interessante.

SummerByKenzo2. Summer by Kenzo (Kenzo, 2005). Este flanker de Parfum d’Été é uma interpretação tropical do original, que é um luminoso floral à base de lírio-do-vale. O destaque fica para a inserção de um acorde inebriante e atalcado de acácia, violeta e amêndoas. Analogamente, a base é enriquecida com âmbar e estoraque, transmitindo uma impressão mais doce e encorpada, ainda que mantendo o frescor característico da versão tradicional.

GreenTeaSummer3. Green Tea Summer (Elizabeth Arden, 2005). Apesar do nome, Green Tea Summer não contém nota de chá. Esta proposta de Elizabeth Arden une um acorde frutado fresco (cassis, melancia, tangerina, maracujá) a um acorde floral aquoso (lírio aquático, cíclame, rosa) para criar a ilusão de uma tarde à beira da piscina. O dry-down revela um acorde chipre seco e macio com tons de musgo de carvalho e âmbar.

L'InstantÉté4. L’Instant d’un Été (Guerlain, 2006). Para a versão fresca do clássico moderno L’Instant, a maison Guerlain preparou a nova composição com um topo ácido e fresco de toranja, um centro floral e brilhante de magnólia e jasmim, e uma base âmbar macia com toque de benjoim e musk. L’Instant d’un Été guarda apenas leve semelhança com a versão tradicional, focando aqui no poder reconfortante de uma saída cítrica e revigorante e uma base polvorosa e confortável.

LIDGÉté5. L’Instant d’un Été pour Homme (Guerlain, 2006). Seguindo a estrutura básica de notas do original, L’Instant d’un Été pour Homme tem a mesma saída de cítricos, néroli e anis, porém muito mais poderosa e duradoura. Na evolução, o perfume se torna herbáceo e amadeirado com um acorde de chá, hibisco, patchouli, madeiras nobres e musk, sem a solidez achocolatada da versão tradicional. Foi descontinuado e custa uma fortuna no eBay.

CoolWaterSummer6. Cool Water Deep Summer Fizz (Davidoff, 2006). Menos menta e notas aquáticas, mais limão e notas aromáticas. Este flanker de Cool Water abandona seu caráter fougère com vibe de creme de barbear para uma Sprite em formato perfume. A nota de menta permanece, mas a nova composição prefere brincar com o aspecto tropical e efervescente do kiwi. Cool Water Deep Summer Fizz é bem mais leve e fácil de agradar que a versão tradicional de Cool Water.

LEauDIsseySummer7. L’Eau d’Issey Summer (L’Eau d’Issey, 2006). Um dos maiores ícones aquáticos da perfumaria ganhou em 2006 seu primeiro flanker de verão e vem renovando a franquia todo ano desde então. Apesar das variações sazonais, L’Eau d’Issey Summer é basicamente uma interpretação mais frutada e menos aquática do original, com ênfase no acorde pera-frésia-osmanthus. Ironicamente, uma versão com menos cara de verão que o tradicional.

EauDIsseyPHSummer8. L’Eau d’Issey pour Homme Summer (L’Eau d’Issey, 2006). Ao longo dos anos, L’Eau d’Issey pour Homme Summer foi se transformando, porém sempre migrando do gênero aquático para o cítrico-aromático. O flanker de verão abre mais ácido e suculento com notas de toranja, abacaxi e kiwi, caminhando para um acorde herbáceo e picante de noz moscada, coentro, vetiver e cipreste. Destaque para a versão de 2009, a mais bem elaborada de todas, com um incremento floral.

CinémaÉté9. Cinéma Festival d’Été (Yves Saint Laurent, 2007). Com um frasco especialmente produzido para colecionadores, Cinéma Festival d’Été é uma versão aromática do clássico original. A partir de uma saída de cítricos e ervas finas, o perfume apresenta um buquê sedoso de flor de amêndoas, jasmim, tiaré, peônia e amarílis. Menos amendoado e viscoso, o flanker de verão abarca uma base mais leve de âmbar, baunilha e musk, passando de oriental floral para floral musky.

LHommeDEte10. L’Homme Eau d’Été (Yves Saint Laurent, 2007). Trabalhado em cima da assinatura de gengibre do original, L’Homme Eau d’Été preserva e amplia o topo cítrico e o centro aromático-especiado de manjericão, pimenta e folha de violeta. A base de fava tonka é mais suave e crispy, com maior ênfase no cedro e vetiver, além de um bônus de musk para transmitir uma sensação de conforto e leveza. Infelizmente, a grife decidiu tirar o flanker de mercado.

BurberryWomenSummer11. Burberry Summer for Women (Burberry, 2007). O grande floral frutado de Burberry recebe um tratamento fresco e aquoso, bem ao estilo de Light Blue de Dolce & Gabbana. Com um topo efervescente de limão, cassis, menta, maçã verde, frésia e melão, a composição revela um acorde central de lírio aquático e rosa. Graças a uma base de musks sintéticos e menos baunilha, Burberry Summer for Women ganha um aspecto suave e agradável para temperaturas altas.

BurberryMenSummer12. Burberry Summer for Men (Burberry, 2007). A cada ano com uma nova safra, Burberry Summer for Men mantém sua estrutura principal: um topo efervescente de yuzu, limão e zimbro, um centro quente-gelado de tomilho, menta e cominho, e uma base crispy de sândalo, âmbar e musks sintéticos. Assim, esta versão perde a personalidade fougère e cremosa do original para formar uma atmosfera mais refrescante e dinâmica.

ClassiqueSummer13. Classique Summer (Jean-Paul Gaultier, 2008). O designer francês lança todo ano uma versão nova de Classique Summer. A ideia principal é tomar como base a composição original, reforçando seu lado fresco e cintilante com notas de tangerina, limão siciliano e flor de laranjeira. O coração da versão tradicional funciona aqui praticamente como uma base de rosa, âmbar e baunilha. O aspecto narcótico das flores brancas é atenuado, assim como a fragrância se torna macia com mais musks.

LeMâleSummer14. Le Mâle Summer (Jean-Paul Gaultier, 2009). Com pequenas alterações de um ano para outro, Le Mâle Summer mantém o mesmo conceito: aromático aquático rico em ervas finas, especiarias, baunilha e musk. Para compor uma aura oceânica e revigorante, Le Mâle Summer ameniza seu potente acorde fougère oriental, enfatizando notas vivas e refrescantes como gengibre, menta, lavanda, néroli e cardamomo. Boa opção para quem gosta da ideia da versão tradicional, mas prefere fragrâncias mais leves.

AngelSunessence15. Angel Sunessence (Thierry Mugler, 2011). O designer lançou este flanker de verão em três versões: Legère (2009), Bleu Lagon (2010) e Océan d’Argent (2011). O primeiro é um moderno chipre frutado reforçado com amora e cranberry, o segundo é um floral aquático com um acorde de carambola e gengibre, e o terceiro é um floral marinho com notas salinas e kumquat. Todos são igualmente interessantes, porém a grife resolveu não continuar a série.

AlienSunessence16. Alien Sunessence (Thierry Mugler, 2011). Thierry Mugler aplicou a mesma estratégia de Angel Sunessence para Alien com três versões em três anos: Legère (2009), Saphir Soleil (2010) e Or d’Ambre (2011). Enquanto o primeiro é basicamente um Alien mais cítrico e verde, o segundo ganha luminosidade com notas de toranja e tiaré, e o terceiro é mais suculento e tropical com notas de kiwi e orquídea. Infelizmente, a linha de verão de Alien foi descontinuada.

CodeSummer17. Armani Code Summer (Armani, 2011). Com inspiração no sorbet, a grife italiana introduziu seu flanker de verão na forma de um floral aquático. A partir de um topo de laranja amarga, néroli e pera, a composição desenvolve um centro floral aquoso de flor de laranjeira, jasmim e cíclame com toques especiados de cardamomo e gengibre. A base de baunilha do original é amenizada com uma boa dose de musks sintéticos.

AmorAmorSummer18. Amor Amor Summer (Cacharel, 2011). A versão summer do best-seller de Cacharel preserva a identidade do original, apenas fortalecendo sua faceta mais fresca. Para tanto, a fragrância recebeu uma nota de laranja-de-sangue no topo, romã e osmanthus no centro, e musks sintéticos na base. Amor Amor Summer mantém-se no gênero floral frutado, porém mais seco e tropical, menos doce e gourmand.

LolaSunsheer19. Oh Lola Sunsheer (Marc Jacobs, 2012). O genérico floral frutado Oh Lola é desbancado por seu flanker de verão. Oh Lola Sunsheer segue a mesma estrutura do original, porém adotando notas mais geladas para passar a impressão de um sorbet. A fragrância abre com pera, morango e framboesa, evolui para um buquê de magnólia, peônia e cíclame, e conclui com uma base de sândalo, fava tonka, baunilha e musk. Um perfume inofensivo para meninas.

ChromeSummer20. Chrome Summer (Azzaro, 2012). O best-seller cítrico-aromático de Azzaro vem sido lançado ano após ano com composições diferentes. A mais recente deixa de lado o aspecto metálico de aldeídos para focar numa injeção de frescor floral com hedione. O topo recebe cassis e gengibre, enquanto o centro recorre à força das folhas verdes. Para concluir, Chrome Summer apresenta uma base leve e elegante de mate, âmbar e musks sintéticos.

BritSummer 21. Burberry Brit Summer for Women (Burberry, 2012). Burberry leva a estratégia de flankers de verão agora para a linha Brit. O caráter amendoado e semigourmand do original dá lugar a uma composição mais verde e refrescante, ainda que se mantenha no gênero floral frutado. Burberry Brit Summer for Women abre com um acorde de limão tahiti, pera e chá, evolui para um centro de peônia e heliotrópio, e finaliza com uma base amadeirada musky.

BritSummerMen22. Burberry Brit Summer for Men (Burberry, 2012). Para o curto verão inglês, Burberry preparou uma versão mais vibrante de seu famoso oriental amadeirado. A casa resolveu manter a estrutura do original, favorecendo suas notas mais secas e frescas. Com uma saída de cítricos, gengibre e folhas verdes, Burberry Brit Summer for Men incorpora um elegante acorde rosa-patchouli. O dry-down é seco e macio graças a uma base sólida de vetiver, mogno, fava tonka e musk.

AzzaroPHSummer23. Azzaro pour Homme Summer (Azzaro, 2013). Com um frasco decorado com a costa do Mediterrâneo, Azzaro pour Homme Summer mostra a que veio. Um dos maiores ícones masculinos de todos os tempos ganha uma roupagem mais cítrica e herbácea com mandarina, limão siciliano, petitgrain, artemísia e cominho, além da maior parte das notas da versão tradicional. Azzaro pour Homme Summer é revigorante e confortável sem perder a classe.

BossOrangeSummer24. Boss Orange Feel Good Summer (Hugo Boss, 2013). Buscando transmitir a sensação de frescor e conforto, Hugo Boss reedita Boss Orange com foco em notas verdes e aquosas. Enquanto o original é um genérico amadeirado especiado, Boss Orange Feel Good Summer se transforma num interessante aromático aquático. Notas de limão siciliano, maçã verde, pera, zimbro, pepino, chá, musgo de carvalho e patchouli conferem uma atmosfera mais natural e crispy.

StellaSummer25. Stella Summer (Stella McCartney, 2013). A fragrância assinatura de Stella McCartney ganha uma versão mais refrescante e luminosa. Stella Summer parte da estrutura do original, incorporando no topo da composição um acorde de sorbet de limão e maçã verde. O dueto rosa-peônia assim ganha um ar mais fresco e vibrante, enquanto a base é mais seca e macia. Stella Summer é ideal para altas temperaturas, quando há o perigo de a versão tradicional desandar.

SunDiGioia26. Sun di Gioia (Armani, 2016). Lançado para o verão europeu, este flanker do best-seller Acqua di Gioia propõe uma representação olfativa de um dia ensolarado e arejado na costa do Mediterrâneo. Para tanto, a fragrância gira em torno da nota de frangipani (jasmim-manga) com seu tom floral lactônico que remete a protetor solar. Jasmim e ylang-ylang complementam o centro da composição, que leva uma base macia e confortável de orris, benjoim, ambroxan e baunilha.

OrchidSoleil27. Orchid Soleil (Tom Ford, 2016). Depois de Black Orchid e Velvet Orchid, o designer americano lança mais um tributo à abstrata nota de orquídea, que ganha uma roupagem doce e energizante. Para tanto, Orchid Soleil se vale de um topo de laranja amarga, pimenta rosa e cipreste, além de um adição marcante de tuberosa no coração. Orquídea, patchouli, castanhas, baunilha e chantilly finalizam esta composição semigourmand.

Veja também:

Diversos

Intensos

Sensuais

Elixires

Florais

Madeiras/Couro

Oud

Frescos

Aquáticos

Sport

Ed. Limitada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s